Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Dúvidas Cor de Rosa

Um blog extremamente fofinho e quase sempre zen.

Dúvidas Cor de Rosa

Um blog extremamente fofinho e quase sempre zen.

Candidato a "Comentário do mês" #1

Janeiro 25, 2016

Filipa

 

Mais uma semana, mais uma rubrica, eu avisei que isto ia ser sempre a abrir.

A regra é simples: escolho uma série de comentários que ao longo do mês e por algum motivo me tenham enchido as medidas e no final elejo um. Como vêem, tudo muito imparcial, democrático e justo.

Vamos lá começar antes que se faça tarde.

 

Primeiro candidato a comentário do mês, vem da Isa:

 

"Tanto para dizer e tão pouca paciência para o fazer, mas vou tentar:
Primeiro, esse tipo de post-choradinho, em que ai, que me farto de apanhar tau-tau por expor as minhas ideias e defender os meus ideais, como é que faço então, se só sei fazer assim. Pá, faça como sabe fazer e deixe-se lá de vitimizações camufladas, formalizadas em posts supostamente moralistas sobre como então se discutir os tais assuntos que incomodam. Se incomodam, claro que a reacção expectável dos incomodados é continuarem a não querer tirar a cabeça do cu- onde a têm faz tempo justamente porque lhes é mais cómodo - e há que contar com isso. Óbvio que o blog é do queixoso/a, e lá lavrará o que quiser, mas é uma postura irritante. Penso sempre que quem passou, os que viveram e vivem situações que dão azo a causas dessas, não tiveram nem têm disponibilidade emocional pra esse tipo de "ai que dói".
Se é pra defender, então ponham-se às suas alturas.  

Depois, praquê justificações sobre o que a tal Filipa assume do que lê - e que está no seu direito e tal e etc - mas que não corresponde ao que escreves, e se isso pode qualquer um verificar, independentemente do que nutre pela tua pessoa? 
Ora, se a tal Filipa, porque carrega a bandeira do feminismo, e se, por sei lá que razão, resolve por-te ao peito o que os nazis punham aos judeus, pá, à merda com a Filipa. Falta de ética tem quem não sabe separar o joio do trigo, e nem é por ser burro, é mesmo por ser faccioso. 
Também não gosto de mulheres. Somo execráveis umas para as outras. No entanto, também fabricamos milagres todo o santo dia, para o Mundo. Confio em muito poucas - by the way, muchas gracias, Filipa - mas nem às mais putas de alma que conheço, deixo de lhes reconhecer os direitos que quero para mim, enquanto elemento feminino. Têm-no, temos, e com retroactivos. 
A comparação com o Pipoco, é só uma tentativa de destaque (conseguido), numa caixa de comentários, e o teu nome não foi referido, talvez por receio de retaliação.  
Sabemos perfeitamente ser o Pipoco nesse aspecto - e noutros - bem menos frontal, pessoalmente acho que as provocações do mané se perdem em pedantismo, mas é preciso ser-se absolutamente desprovido, quanto a mim, de um mínimo que seja de imparcialidade, para não se perceber isso mesmo. 

Ps: A piada do Gervais/Jenner, metida naquele contexto? Really??
E a Luna ainda não sabe o que pensar disso...?




Dasssssssssssse!"

 

Ando-me aqui a debater com uma problemática

Janeiro 25, 2016

Filipa

 

 

e não tem a ver com:

 

- adultos que vestem leggings da zara (?)

- adultos que vestem leggings da zara, secção criança (?)

- adultos com aspecto sujo que publicitam skip (?)

- as parvas de merda do costume com as paneleirices do costume e para as quais já ninguém tem cu.

 

 

A minha Rita, a chinchila que viu a vidinha dela a andar para trás, quando faz os seus cagalhanitos de 3cm cada, faz duas coisas:

ou os come ou os manda gaiola fora. Agarra-os com as suas mãozinhas fofas e lança-os por entre as grades da gaiola. Os ditos vão cair ao lado da cama de doce Chanel que com aquela bocarra de lobo mau, quase que nem os deixa poisar no chão que até fica a brilhar. Ora, isto para quem -eu- gasta para cima de um balúrdio por saca de ração, porque é a melhor, porque tem salmão dos mares atlânticos mais profundos, búfalo do caralho mais velho, a cenoura baby mais baby do mundo e o brócolo aspergido com a água mais pura de todas, anda-me aqui a transtornar e já não sei o que hei-de fazer aos cagalhões da chinchila que por acaso, mas só por acaso, o Zé não aprecia, estamos portanto perante alguma carência efectiva da bicha e eu não consigo alcançar qual, vejamos: não tem filhos que lhe tirem noites de sono nem um marido com incapacidades graves que o impeçam de executar tarefas complexas como seja o caso de baixar o tampo da sanita depois de coiso, não tem que fazer almoços nem jantares, arranjar mochilas nem passar a ferro. Pode dormir o dia inteiro ou, em alternativa, passá-lo a apanhar banhos de sol. Período, duas vezes por ano. Tem um namorado cagão que com uma rosnadela dela se mija todo. Sinceramente, não percebo tanta carência.

Portanto, andar de mini aspirador em punho o dia inteiro está fora de questão, embrulhar a gaiola -que só mede para cima de metro e meio- em fita cola daquela grossa, para que os poios ficassem lá colados também não resultou. Quando fui ver tinha a gaiola envolta em pêlo de chinchila e as gajas praticamente nuas. O homem ainda está lixado comigo por causa da série de merda que o obriguei a ver e já avisou que tem mais que fazer do que aturar as minhas cenas, que é para eu deixar os bichos sossegados que eles lá se entendem. Como se comer merda lá fosse algum tipo de entendimento.

 

Percebem que tenho vida além blog e por isso nem sempre consigo comentar a actualidade? Há coisas urgentes que eu tenho que resolver e esta é só uma delas.

 

A outra é a Luísa e a mão que insiste em meter na fralda depois de fazer o number two.

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D