Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Dúvidas Cor de Rosa

Um blog extremamente fofinho e quase sempre zen.

Dúvidas Cor de Rosa

Um blog extremamente fofinho e quase sempre zen.

Tentei dar uma volta à minha vida, mas não fui bem sucedida

Janeiro 20, 2016

Filipa

 

Depois de tantas recomendações vindas das mais altas patentes blogoesféricas, sentei o meu rabo redondinho no sofá e durante três horas, TRÊS HORAS, debrucei-me e obriguei o homem a debruçar-se sobre esta temática:

 

MAM_Vertical_Keyart_US.0.jpg

:

E tenho a dizer-vos que sim senhor foi trigo limpo, farinha amparo: no primeiro quarto de hora, já estava farta e ainda o episódio não ia a meio já eu ressonava que nem uma princesa.

O homem, que não vira costas nem ao mais medonho dos cenários ou não fosse ele casado comigo, mamou os três primeiros episódios de uma assentada, disse logo para não contar mais com ele para merdas destas.

 

Quem nasceu para bloguista nunca chegará a blogger, é o que vos tenho a dizer.

 

Olha que blogger tão jeitosinha #1

Janeiro 19, 2016

Filipa

 

No virar do ano decidi que a minha vida de blogueira tinha que ser muito mais do que me limitar a ser uma cabra ao rir-me das merdas que vários bloggers escrevem e vai daí que resolvi que este ano é que era, que ia dispensar algum do meu curto tempo a chafurdar por aí -mais no sapo que ainda não me esqueci da desfeita que o blogger fez- e descobrir blogues que até podem não ser tão bons quanto este, mas que enfim, lá terão o seu valor.


Este é de uma Filipa e tudo.

E diz caralhadas também.

Que matchy-matchy tão fofinho que aqui se criou.

 

"Bloggers que tanto dizem bem de produtos da sisley como da bonté, ou lá o que é, é impossível acreditarmos em vocês."

 

 

É que estive mesmo tentada, não têm noção.

Janeiro 18, 2016

Filipa

 

Durante umas boas horas fiquei fascinada com este produto.

 

Epá, mas que maravilha, que invenção fantástica! Finalmente alguém se dedica a inventar coisas realmente úteis para quem se sujeita à tortura diária que é retirar a maquilhagem.
Até tremo só de pensar: é um arranjar de desculpas atrás de desculpas até não conseguir fugir mais e munida do arsenal necessário para retirar todo o betume que coloquei na fronha, ainda o sol não raiava, naqueles preciosos minutos que retirei ao meu sono, lá entro eu na casa-de-banho, cabisbaixa, contrariada, a refilar sozinha, que havia de existir alguma coisa fantástica que nos fizesse perder o mínimo de tempo e produto possíveis, que isto não é mesmo nada justo, que qualquer dia não quero saber cá de olheiras nem de desuniformidades e saio de casa mas é de cara lavada e pumba!, tropeço neste vídeo, coisa mais bonita pá, parecia mesmo a Julia Andrews a bailar na sala com o pc nos braços e tendo como pano de fundo prados verdejantes com flores feitas destas toalhas mágicas.

 

Depois desci à terra e vi o vídeo com olhos de pessoa adulta e menos deslumbrada. Ora vejam:

 

 

 

 

Errr... portanto, basicamente, isto é uma toalhinha de bidé molhada num pouco de água, que se esfrega no rosto até se ficar sem pele. Não vi até ao fim mas acho que a gaja do vídeo ficou sem uma pálpebra.

 

Resignada, desliguei o pc e fui retirar a maquilhagem com os meus algodões, os meus óleos, o meu gel e o meu desmaquilhante de olhos.


Ainda não foi desta.

 

*suspiro*

 

 

 

Há coisas que gostava muito de entender

Janeiro 17, 2016

Filipa

 

e agora que a semana acaba -e que semana- e tenho algum tempo, decido tentar e até está a ser divertido.

 

Os senhores do Sapo decidiram destacar, de entre milhares de posts, os que mais os fizeram rir no decorrer do ano 2015.

 

Este foi um deles.

 

Vou tentar mais um pouco que estou certa que a falha é minha e o post é engraçadíssimo e eu é que estou com pouco humor derivado da chuva e do frio e assim.

 

 

E à última da hora

Janeiro 15, 2016

Filipa

E antes de desmobilizar que o país tem que produzir, chega-me a Isa com o seu pet pela mão e com este discurso a saltar boca fora:
 
"Esta é a Brigite.
 
Adoptei-a aqui há uns tempos, quando dei com ela escondida numa ruela qualquer, ali prós lados do elevador de santa Justa. A bichinha chorava, chorava, tremia por todos os cantos, o tapete encharcado de lágrimas. Aproximei-me e perguntei-lhe "atão, fia, que se passa..?" Ao que ela me respondeu que tinha ouvido uns zunzuns sobre a possibilidade de certas e determinadas circunstâncias, de tal formas aterradoras, que fugiu de casa. Gritando que não, não, que não! quando lhe propus regressar - oferecendo-me inclusive como mediadora de um possível mal entendido - Brigite agarrou-se-me a uma perna, rogando clemência e guarida.
Trouxe-a pra minha casa, e vive na minha garagem desde então. 
Sabendo do evento, diz que quer porque quer participar, dando assim voz a todas as passadeiras impiedosamente cedidas e/ou compradas, sem que suas opiniões não sejam nem tidas nem achadas. 
 
Brigite é feminista.:)
 
Ps: Não tem mail."
 
 

passadeira.jpg

 

E pronto, este movimento foi mesmo um sucesso, obrigada às que participaram, às que não participaram, às que provocaram o movimento, às que ajudaram à produção, às barraquinhas dos comes & bebes, ao tempo que até ajudou, aos emails cheios de links úteis nomeadamente por causa de coisas, resumindo, a tudo e a todos.

 

E também

Janeiro 15, 2016

Filipa

Xaxia, outra badocha, credo, só me calham é apoiantes gordas, serei a única deusa grega?, fica a questão.

O que interessa é que a Xaxia também quis dar o seu apoio, mesmo que se tenha enganado no Marquês, valha-me Deus, além de gorda é burra, porque é que eu gosto tanto desta criatura é que eu não sei.

 

Xaxia,  "Marquês, 'péra aí que já nos vês" e eu amo vocês.

 

Xaxia Marques.jpg

 

Xaxia, estás um bocadinho parecida com o Passos Coelho, mulher, já foste ao médico?

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D