Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Dúvidas Cor de Rosa

Um blog extremamente fofinho e quase sempre zen.

Dúvidas Cor de Rosa

Um blog extremamente fofinho e quase sempre zen.

O que uma pessoa faz por amor, pá.

Abril 26, 2016

Filipa

YEY!!!, mais um desafio!!!

Nem me aguento do xixi com tanta excitação, a Gaffe achou que era uma fantástica ideia espetar-me com outro desafio no bucho, aqui para nós que ninguém nos ouve, a Gaffe deve andar é farta de estar bem.

Passo por cima daquilo que toda a gente sabe: se há coisa que me dá gozo nestes desafios, é quebrar-lhes as regras, maneiras que não linko ninguém, não nomeio ninguém, isto morre já aqui e pronto, não se fala mais no assunto.

 

1 - Quais são, segundo os teus critérios mais íntimos, as três palavras mais belas da Língua Portuguesa? 

Comida, dormir e sofá.

Os três juntos, na mesma altura, é o paraíso.

 

2 Quem escolherias tu para Presidente do Mundo?

 

 

Sempre queria ver quem é que fugia aos impostos!

 

3 Dos teus cinco sentido, qual o mais e o menos importante para ti? Porquê?

O mais importante, o olfacto. Sou uma pessoa de cheiros, sinto um aroma que me é querido e rapidamente sou transportada à altura em que ele se tornou familiar. Um exemplo: sinto o aroma do perfume que usei no dia do meu casamento e sinto as mesmas borboletas na barriga que não me deixaram sossegar nesse dia.
O menos importante, tendo em conta o peso que os outros sentidos têm na minha vida, talvez o paladar. Sem o gosto dos alimentos, num tirinho me transformava na 
Bündchen que teima em não baixar em mim.

 

4 - Qual (e justifica a escolha) o blog que levarias contigo para uma ilha deserta?

Levava o meu, claro, para vos meter inveja com as paisagens, com o mar esverdeado e o céu cor de laranja, com o mar limpo e fresco, com as caipirinhas e batidos de abacaxi com hortelã, com o meu bronze, com as folhas de bananeira, com os nativos musculados e morenos, enfim, toda uma actualização imperativa que eu não vos podia mesmo privar.

 

5 - O que farias se fosses invisível durante 24 horas?

Ia ao dentista tratar de uma cárie. 

 

 6 - Qual seria primeiro Decreto que assinarias se fosses uma Ditadora implacável e impune?

Mandava para a fogueira todas as parvas de merda da blogoesfera.

Ou para o tronco, tanto faz.

O que estivesse livre.

Ou então primeiro iam para o tronco e depois para a fogueira.
Logo via.

 

7 - O que defendes com paixão, mas que na realidade nunca te preocupou grande coisa?

Defendo com paixão o direito dos outros dizerem a merda que quiserem, mas estou-me a cagar para aquilo que dizem.

 

8 - Escolhe um(a) amigo(a). O que dizes quando falas nele(a)?

Digo que é bom isto de viver rodeado de quem leva a vida como eu. 

 

9 - Escolhe UM dos teus blogs favoritos. Qual seria o presente ideal que lhe oferecerias?

Palmier Encoberto só porque é a autora do único blog que conheço que leva a sua blogovida na boa, a divertir-se e a divertir.

E porque é minha amiga.

E porque tem os filhos mais fofos do mundo que já embarcam nas blogobrincadeiras.
E porque faz da sua rafeira Cutchi o que quer.

O presente ideal para a Palmier seria, obviamente, uma peruca lustrosa e longa. Ela tem alto cabelo, atenção, mas acredito que viemos a este mundo com o objectivo de aperfeiçoar o que já é perfeito.

Ou finalmente um casaco decente.

Ou os dois, porque ela merece.

 

10 - Qual foi o primeiro pensamento - sério - que tiveste hoje ao acordar?

"Adoro este tempo quentinho, este sol maravilhoso, a puta da primavera e as filhas das putas das alergias ou o caralho!" enquanto segurava o nariz evitando desta forma e a todo o custo, que este me caísse a qualquer momento.

 

 

 

Obrigada pela atenção e até uma próxima.

Até já

Abril 26, 2016

Filipa

Vinha só cá diservos que vou estar uns tempos afastada por motivos de saúde e algo mais.
Começa a contar a partir de daqui a bocado que agora ainda estou a fazer coisas importantíssimas que toda a gente faz antes de ir tratar da sua saúde. Fazer refogados e ariar pratas são apenas duas delas. Antes, ainda vou dar um jeito ao frigorifico, passear os cães, puxar as orelhas às camas, passar uma roupinha a ferro, descongelar uns bifes, cortar um repolho em juliana, e esfregar umas nódoas.

Penso conseguir ir ainda este século tratar desta questão de saúde -que é assim um bocadinho mais ou menos bom, coisa pouca mas intensa, grave- não prometo porque tenho bastante que fazer mas antes senti-me mesmo na obrigação de cá vir para que vocês tenham todos imensa pena minha. Os que não tiverem e antes que venham para aqui escrever coisas feias do género das que vão totalmente contra o que eu sei e acredito: alguém vos avia de cortar as pontas dos dedos com uma moto-se-rra, seus carneiros sem cérebro próprio!

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D