Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Dúvidas Cor de Rosa

Um blog extremamente fofinho e quase sempre zen.

Dúvidas Cor de Rosa

Um blog extremamente fofinho e quase sempre zen.

Aquele mimimi do polícia que multou a Bárbara Norton de Matos

Maio 05, 2016

Filipa

Esta história toca-me de forma especial, faz-me lembrar a multa por excesso de velocidade que no outro dia arrebatei. Ia a mais 30 Km do que o permitido e achei o maior dos atrevimentos o polícia não ter ficado emocionado com a minha história. Caramba, onde estava o coração daquele selvagem?, ia atrasada para ir buscar os meus filhos e demorei-me um bocadinho mais no cabeleireiro.

Onde é que está a humanidade deste mundo, pergunto? E a compreensão? E o amor ao próximo? 

A Bárbara, coitada, foi levar a filha à escola gravidíssima de nove meses, deu-lhe uma secura e só por ter ido comprar uma garrafa de água -tivesse sido hoje e nada disto acontecia- ao café mesmo ali ao lado, e sempre a controlar a viatura, viu um polícia mauzão a passar-lhe uma multa má, polícia na fogueira, já!

Furiosa, tirou uma foto ao agente da autoridade e fez o que qualquer pessoa com meia dúzia de neurónios viáveis faria na mesma situação: foi a correr para casa e pimba!, publicou a foto e denunciou a contra-ordenação que ela própria tinha consciência de ter cometido.

De seguida, veio o marido em sua defesa e fez outra publicação no Facebook a dizer que o bom senso deve imperar relativamente às leis, que o local é uma merda para estacionar e que 90% das pessoas que têm os filhos naquele colégio fazem o mesmo e nem sequer vão comprar água, han?, é mesmo só largar os putos na escola, coisa aparentemente impossível de fazer a pé.

Não percebo muito bem este não assunto nem as suas dimensões, muito menos os estatutos que as grávidas acham que devem ter, bem bastam os lugares exclusivos nos parques dos shoppings, as prioridades nas caixas dos supermercados, nas finanças e sei lá mais onde, coisas mais ridículas. Mas ri-me com toda a situação e isso, parecendo que não, tem o seu valor.

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D