Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Dúvidas Cor de Rosa

Um blog extremamente fofinho e quase sempre zen.

Dúvidas Cor de Rosa

Um blog extremamente fofinho e quase sempre zen.

Rapidinha I

Agosto 30, 2016

Filipa



Havia muito a dizer sobre a incapacidade das sapoblogueiras entenderem as estatísticas que esta plataforma disponibiliza, mas desconfio que tal está directamente relacionado com o facto de serem as mesmas estúpidas do caralho, sobretudo as de cabelo de arame -amiga, já fazias umas corridinhas, não?- a exibir orgulhosamente blogues de merda.

Sendo assim, está tudo dito.

 


Prinpost I

Agosto 29, 2016

Filipa

Diz que há imagens que valem mais do que mil palavras. Aqui está uma rubrica que visa verificar a veracidade do dito bem como poupar-me ao trabalho de vos explicar aquilo que está à vista, uma vez que os cremes de mil euros não se compram sozinhos, uma pessoa tem de fazer pela vida que é como quem diz, trabalhar.

Ora topem a cena:

 

Ela diz que:

SmartSelectImage_2016-08-29-14-45-42

 

Eu digo, a propósito disto:

 

 

Screenshot_2016-08-29-14-43-21.jpg

que:

 

SmartSelectImage_2016-08-29-14-43-45

 

 

E isto, que eu gosto bastante de deixar as minhas ideias bem vincadas:

 

SmartSelectImage_2016-08-29-14-44-50

 

 

Ela vai e espeta com esta:

 

 

SmartSelectImage_2016-08-29-14-46-03

 

 

E eu -relembro que e ainda no seguimento da resposta ao anónimo lá de cima- disse:

 

 

SmartSelectImage_2016-08-29-14-47-20

 

 

Mordida de inveja, tau!, nos nossos queixos:

 

 

SmartSelectImage_2016-08-29-14-46-18

 

 

Fui ao Face aqui do tasco a ver como paravam as modas e poim!:

 

 

 

SmartSelectImage_2016-08-29-14-48-33

Reparem como se lê perfeitamente o post, no Facebook do blog

 

 

 

Portanto, estão a ver quem é o anónimo, né? 

Tiros nos pés? Guardo-os a todos. Um dia hei-de fazer com eles uma máscara para tapar a cara e conseguir sair à rua.

 

 

No seu geral, as pessoas deixam-me de pé atrás.

Agosto 29, 2016

Filipa

Uma fulana ao telemóvel, aflita, obrigou-me a ouvir esta merda desta conversa. Como gosto de partilhar o que de melhor sei nos seres humanos -e nos outros também- cá está ela:

 

- e o menino, está melhor?

(do outro lado devem ter dito que sim)

-e já comeu alguma coisa?

(idem)

-e aguínha, bebeu alguma? Sabes que tens de insistir, né?

(idem)

-continua abatido?, brinca um pouco com ele.

(aspas)

- já fez cócó?

(aspas)

- e miar?, tem miado muito?

 

....

 

 

....

 

 

....

 

Soulmates

Agosto 26, 2016

Filipa

É lindo de se ver, quando duas almas gémeas rompem as barreiras do campo extra-sensorial e vêm esbardalhar o que as une no focinho dos cépticos.

 

Diz uma:

 

SmartSelectImage_2016-08-25-15-11-02

 

Ainda o pessoal está a beber um copo de água a ver se esta merda desce, atira a outra:

 

SmartSelectImage_2016-08-25-15-11-20

 

Não sei se já podemos falar em amor daquele bom, incondicional, mas têm de concordar comigo quando digo que a química é evidente.

 

 

Amiiiiiiigas:

Agosto 26, 2016

Filipa

 

Peço-vos que me actualizem, preferencialmente por email, sobre o que se está a passar nos blogues-pocilga. Por algum motivo que me transcende, preciso mesmo muito de saber, só que sabê-lo por terceiros é menos revelador do que ir lá. Porque eu sou pessoa de muitos amigos decidi pedir-vos mais este favor mas eu sei que não era preciso. Vocês vivem praticamente para isto: lêem, filtram o que me interessa e enviam-me. Que abençoada que sou! Lamento dar-vos tanto que fazer mas já sabem que se eu não for a esses sítios imundos as visitas, cuja origem é o meu blog, não existem. Tooooda a gente sabe que quando é o autor de determinado blog a visitar é que as visitas aparecem ali, fidedignas e redondinhas. Quando são os leitores a visitá-los a partir do mesmo blog, é diferente, não conta, é uma coisa à parte. Tipo as batatas fritas dos bifes da Portugália: vêem -do verbo viir- à parte.

Mandam-me o update, please, para que eu possa provar que não visito blogues-peido?

 

 

Pág. 1/3

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D