Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Querem mesmo falar de poemas?

por Filipa, em 17.11.16

"O muro já estava construído:

 

Continua Filipa, continua

Nesta selva de pensares sem Lua

Fazendo o que te apraz, 
rimando teu nome ao fazer
que é o que quem de ti diz
... não faz
 
Filipa do dúvidas cor de rosa
Pétalas de fina prosa
desfolhadas sobre esta calçada
e sobre quem nela caga
 criticas sem cara nem nome
... ao alvitrador imbele
nu de fibra e de pele ...
colar de moral ao pescoço
metade nick metade desgosto
(vivente a  contragosto
por  sonhar em como tu ser)
 
Humor e crítica com cunho
não dita ou escrita por qualquer punho
tolhido pelo comum
é coisa de não para todos
motivo para arrotos
dos correctos à nascença
devido à deficiência
 
Continua, Filipa, continua
Esta rua ... é tua."
 
Poeta e meio
 

Autoria e outros dados (tags, etc)





Header gentil e adoravelmente cedido pela

Gaffe