Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Dúvidas Cor de Rosa

Um blog extremamente fofinho e quase sempre zen.

Dúvidas Cor de Rosa

Um blog extremamente fofinho e quase sempre zen.

Diário de uma gaja em Londres ou o caralho.

Dezembro 29, 2016

Filipa

 

RI1a.jpg

 

Lá, em Portugal, era simples, uns anti gripe, uns chás de limão, amerdalhava-se o trabalho um dia ou dois e pronto, ficava-se boa e não se falava mais nisso. Aqui, a coisa pia diferente que estes gajos são de marca caralho. Para começo de conversa, estas criaturas não são muito amigos de medicamentos. Deus nos livre de precisarmos de um antibiótico nesta estranha terra. Os aliens daqui defendem, muito convictamente, que não se duvide, que o que um gajo precisa é de defesas, por isso acredito que haja quem quase pereça com uma simples amigdalite. O médico aqui do UK receita paracetamol e já é um pau. Paracetamol para tudo e depois logo se vê. Paracetamol inclusive para o meu pulso aberto, para o líquido no meu joelho (agora que falo nisso, se cá fico muito tempo não chego a velha, a avaliar pela rapidez e número de mazelas que vou coleccionando com vigor) e para o piercing que entretanto se me infectou. Paracetamol e água com sal, mas quanto sal por litro de água, doctor?, pergunto eu toda british, ao que ele me responde, até saber a lágrima, e fico com a certeza que não é fita, esta malta daqui bate mesmo toda mal da caixa. Depois fui ao supermercado comprar o paracetamol que fica mesmo ao lado das Oreo e do comer para os gatos e até agora não percebi a minha dificuldade em encontrar os cabrões dos comprimidos tendo em conta todo o histórico desta malta. Se calhar estava à espera de encontrar o medicamento numa farmácia, não? Para o que me havia de dar. Depois o chá para acompanhar o famoso paracetamol. De qualquer merda o Inglês faz chá mas de limão parece que não é a onda dele. A prateleira maior no super, é de embalagens de chá, em qualquer lado, chá de tudo. Chá para levar, para trazer, para entregar, chá de ruibarbo, de cactos, de uva, de tamanho grande, pequeno ou assim-assim, frio, quente, morno ou em gelado, chá em todo o lado e para todo o mundo. Encontrar limão é que é um bico de obra. Encontrei dois quando estava mesmo quase a desistir. Cobrados à unidade e não ao peso. É aquela cena de serem bué originais, tão a ver? Uma libra por dois limãozecos mal amanhados e quase murchos o que me leva à seguinte pergunta mas agora a sério, quando é que arranjam um planeta só para estes gajos?

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D