Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Lidl by Heidi Klum

por Filipa, em 29.08.17

Mas o que raio é um LIDL que agora ninguém se cala com isto?

Autoria e outros dados (tags, etc)

Cenas mas das boas

por Filipa, em 09.08.17

O homem está a fazer polvo à lagareiro.

Ao cozê-lo, numa panela com tampa, encheu-me o chão da cozinha com água cor de vinho. O chão, o forno, o armário ao lado e o tapete. Fora essa panela, já sujou mais umas quantas. Fora os garfos extra que vai tirando da gaveta à medida que vai precisando de um, porque toda a gente sabe que um garfo só pode ser utilizado uma única vez.

Já vejo uma pilha de loiça no lava-loiça, o fogão está um nojo e a última vez que entrei na cozinha, a fingir que ia beber água só naquela de apreciar o caos, era todo um chavascal e um drama porque agora vai ficar com as mãos a cheirar a alho e é sempre lindo ver um marmanjão de metro e noventa a descascar uma cabeça de alho com as pontinhas dos dedos.

Se não tinha sido melhor seguirmos o meu plano original que era o de eu orientar umas salsichas e umas batatinhas fritas?

Com ovo estrelado, claro. Afinal sou uma cozinheira de mão cheia, não deixo os meus créditos por mãos alheias.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Eu acho que não deviam de falar daquela mama que apareceu com a pessoa à mostra por causa que as maminhas são como as vacas na indía, singradas. Penseim que não avia mamiferos se não tivessem sido as mamas que de três em três horas -ás vezes menos- saciaram fomes, sedes e afins. Penseim que não avia decotes, se não fossem as mamas das pessoas, não avia pirciengues nas mamas se não ouvessem as mamas, não avia sequer mamitos se não ouvessem as mamas. Isto é grave, porque a gente sabemos que as mamas são as nossas melhores amigas, não castrem as mamas, deixem as mamas irem à bola, mesmo que teinham que deixar as mulheres em casa! Se as mamas não quizerem aparecer nos jornais e nas informações, basta que assinem uma declaração. Por outro lado veijo em todo o lado as pessoas a julgarem o Ronaldo e os seus filhos, os da última encomenda, não os outros. Acho muinto bem que ele compre os filhos. Não veijo ninguém a amandar pedras a quem compra casacos em vez de os fabricar. Os tiares estão caros e os mais em conta estão esgotados, para além disso, o acabamento não é o mesmo. Á que perceber as motivações das pessoas. Para ele é mais acertado encomendar os filhos, para mim é mais acertado ir bus-cá-los ao caixote do lixo. De que lado está o certo e o enrrado? Quem é a saciedade para me jugular? A mesma saciedade que vai enxer as praias do Algarve de biatas, de sacos de lixo e de cagalhões caninos? A mesma saciedade que me obriga a beber pirulitos de água do mar com um travo a xixi de cão e a encher a toalha de areia e pêlos de cães de raça rafeiro? não me parece. Ou agora além de não se poder comprar animais domésticos on-line também não podemos comprar bebés, míudos e assim? Não seijem mais papistas que o papa, deixem o nosso menino de ouro encomendar no ebay o que quiser. Com uma bocadinho de sorte encomenda uma irmã que faça alguma coiza bem feita ou assim. Por falar nisso, odeio, mas odeio mesmo as pessoas que não gostam de gays. Ou é das que gostam? Ai, já me embaralhei toda. Olhem, odeio cebola na salada, odeio mesmo, pronto. E odeio não comentar a saciedade, é uma coisa que me inrrita, aver tanto para comentar e eu não ter jeito tempo nenhum para fazer-o. Á quem chame a isto de "limitação", e voçês o que dizem?

 

Autoria e outros dados (tags, etc)





Header gentil e adoravelmente cedido pela

Gaffe