Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Dúvidas Cor de Rosa

Um blog extremamente fofinho e quase sempre zen.

17
Out15

...

Filipa

Hoje está um dia de merda.

Lá fora anda tudo nas horas do caralho, portanto hoje ninguém sai de casa.

Tenho o homem ainda choroso com a morte da gata, os putos -tal como eu- estão-se assim um bocado a cagar, têm os cães para rebolar, para morder as orelhas, para lhes comerem a ração. Mesmo felizes, estes putos.

A gata também era muito feliz enquanto andava pelo jardim, na sua vida de gata. Lambia-se, comia, bebia, apreciava borboletas e morcegos, tentava apanhar pirilampos e ignorava o Guedes. Aliás, tentou matá-lo. Não gostava de nada nem de ninguém. Só quando ouvia o saco da comida é que entrava em casa. Mas, como todas as gatas, além de ter a mania que era esperta, era curiosa. Gostava de meter o nariz onde não devia e começou a explorar outros terrenos que não o dela, alheios e abandonados. Ficar na dela é que não. E cada vez se aventurava a ir mais longe.

Foi estraçalhada por uns cães que, em minutos, deram cabo dela.

Porque me lembrei disto hoje?

Talvez porque está um tempo de merda ou porque acabei de fazer a ronda aos blogues do costume.

5 comentários

Comentar post

Para consulta em caso de necessidade

Cenas da Carla

Anita

No sapo também os há

Coisas do existencial

Dos blogues