Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




 

gaffe.png

 

 

Este comentário de uma leitora minha -das mais queridas, sem esquecer nenhuma das outras, até porque foi a criadora do meu header- deu origem a este simpático email, cheio de amor e boa educação, coisas que os pais lhe deram, enquanto a apoiam muito na arte do engole tudo até à útima gotinha:

 

 

burra.png

 

 

Como o que lhe fez confusão foi a gralha e não o facto da minha leitora não ter falado mal dela, reforçou a sua essência. 

 

 

nascimento.png

 

 

Não vale a pena rematar, uma vez que a criatura define-se a cada atitude que tem.

Ou as pessoas lhe dizem que as suas mamas são lindas, escreve que é uma maravilha e eu sou uma merda ou são uns filhos da puta. Escolham, fregueses.

Não fiquem é surpresos com o desfecho. 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


48 comentários

Sem imagem de perfil

De Alex a 24.06.2016 às 15:24

http://www.ulusofona.pt/licenciatura/sociologia
Sem imagem de perfil

De fã nº2 da Pipinha (ansiosa para ser nº1) a 24.06.2016 às 16:45

Ela tirou o curso na lusófona? É que até na pública a média de entrada é baixíssima. Sim, todo o tipo de estereótipos em relação às universidades privadas, estão incluídos no meu comentário. Nada contra sociólogos, só mesmo contra à Miss Lavadeira que se acha o supra-sumo do não sei o quê, o camandro e cenas.
Sem imagem de perfil

De Alex a 24.06.2016 às 15:28

http://www.ulusofona.pt/licenciatura/sociologia de entrada 9,5.....só para sobredotado.....depois em três anos é licenciado.....e tem bué de saídas...como pornochanchada....revendedoras Avon....modelos gordos fotográficos nus....explicações para universitários..imagine.se.....e explicações de disciplinas como história da arte, escrita criativa, literatura portuguesa a miúdos da primária ou do ciclo..... só se enterra..e a nível de educação..deve ter doutoramento em calão.
Sem imagem de perfil

De Troll a 24.06.2016 às 18:57

Eu não sou a favor da tipa (de todo) mas acho que este comentário não foi muito inteligente. É que as médias de entrada tal como referidas referem-se à nota mínima para se poder concorrer ao Ensino Superior e essa é igual para todas as universidades portuguesas. Em todas é de 9.5 valores. Todas. Até medicina nas universidades públicas.
Imagem de perfil

De Filipa a 24.06.2016 às 19:03

Inteligente ou não -se fosse a inteligência que aqui estivesse em causa, tinha matéria para mais de um século- espero que tenha entendido o que aqui se trata. 
Sem imagem de perfil

De Troll a 24.06.2016 às 22:28

Filipa eu percebo o que está em causa. Aliás acho que a pessoa é completamente descompensada e irracional.
Mas achei simplesmente o comentário do Alex muito poucochinho. É dificil dar credibilidade a um comentário do género só porque a outra é parva. O comentário revela ignorância e falta de conhecimento.
 Mas ela até podia ter tirado medicina ou outro curso qualquer hipervalorizado, ter estudado numa das universidades da Ivy League e ter uma média de 20 valores que continuaria a ser a pessoa que é. O carácter não é proporcional nem à inteligência, nem às médias, nem ao estatuto socio-economico, nem a nada desse género. 


A tipa até pode ser milionária que isso não faz dela menos imbecil, até pode ser muito trabalhadora ou viver com o RSI que isso também não faz dela melhor pessoa.
Ela é quem é pelos valores morais (ou falta deles), pela falta de capacidade argumentativa, pela falta de escrúpulos, de carácter, etc que vai demonstrando por aqui.  
Imagem de perfil

De Filipa a 25.06.2016 às 08:52

Só aceitei o seu comentário por dois motivos.
Três, vá. 


A primeira foi para que ninguém pensasse que só aceito comentários "contra" a pessoa em questão. Acreditem que aprovo tudo, menos os seus disparates -até ter tidoautorização da Isa para os publicar- e as cagadas do Grassa.
Simplesmente não existem comentários favoráveis. 
Segundo, porque não me destratou.
Po último, porque concordo totalmente com o seu último parágrafo. 


Agora, não vamos ofender os outros para defendermos uma ideia nossa nem uma posição, ok? É que isso não nos deixa assim lá muito longe da criatura...
Vá, de certeza que arranja palavras mais simpáticas para nos explicar essa história das médias  ;)
Sem imagem de perfil

De Alex a 25.06.2016 às 09:02

Medicina numa pública fica à porta... !
Sem imagem de perfil

De Troll a 25.06.2016 às 23:38


A questão é que na privada também pode ir com 9.5 valores e ficar à porta pois se as vagas tiverem preenchidas também se entra por média. Outros (não com 9.5) mas com muito menos média cá, vão para Espanha tirar o curso de medicina (ou para um dos países da Europa de Leste) onde as médias ainda são extremamente baixas e quando voltam também são "doutores". Mas se calhar como tiveram dinheiro para pagar um curso lá fora serão melhor que os que ficam cá com as mesmas médias mas não estudam medicina? Ou será que existe uma linha que separa o comum dos mortais e um médico?
Isto de meter os médicos num pedestal é algo que me ultrapassa mas está bem...


Além disso, em vários cursos das universidades públicas se entra com média mínima - ou seja, 9.5. Basta ir ver algumas engenharias e as áreas de Matemática para se verificar isso em muitos lados. 


Para mim o "argumento" usado é um não-argumento.


Mas que fique claro que não estou a defender a dita pessoa, primeiro porque não a conheço e, segundo, pelo que ela demonstra aqui eu seria a última pessoa no mundo a desenhar defendê-la.
Sem imagem de perfil

De Troll a 27.06.2016 às 11:33

"É que as médias de entrada tal como referidas referem-se à nota mínima para se poder concorrer ao Ensino Superior"

É negativo. Não sei o que diz lá no site da lusófona, mas uma coisa é "nota mínima de entrada", que pode ser o 9,5, claro, acho que nenhuma universidade aceita alunos que reprovaram!!
Outra é a média de entrada num curso. A média de entrada num curso refere-se à nota do último aluno a entrar nesse curso para o nº de vagas existente. 
Uma média de entrada coincidir com a nota mínima exigida para entrada parece-me... não sei bem o que me parece!
Imagem de perfil

De Filipa a 27.06.2016 às 11:43

"É negativo. Não sei o que diz lá no site da lusófona, mas uma coisa é "nota mínima de entrada", que pode ser o 9,5, claro, acho que nenhuma universidade aceita alunos que reprovaram!!
Outra é a média de entrada num curso. A média de entrada num curso refere-se à nota do último aluno a entrar nesse curso para o nº de vagas existente. "


Apesar de só ter o quarto ano, estou de acordo com isto.
Sem imagem de perfil

De Troll a 27.06.2016 às 13:04

Apesar de ser estranho, existe. Até porque a média é sempre arredondada, ou seja, um 9.5 passa a um 10 mas é possível ter média de 9.5 no secundário e não só concorrer como entrar no Ensino Superior.
Eu conheço pessoalmente quem tenha entrado com 9.5 no Ensino Superior, Público (obviamente não em Medicina ;) ) - não durou muito tempo mas isso é outra história, entrar entrou.
Sem imagem de perfil

De Alex a 24.06.2016 às 15:49

E a queixa é para quando?depois diz que os outros estão desempregados...ser puta e revendedora Avon  é  um trabalho de luxo....o sonho de qualquer criança...
Imagem de perfil

De Gaffe a 24.06.2016 às 16:12

Quero acreditar que a culpa foi minha.

No entanto a minha dúvida era realmente genuína. Não fazia ideia que Sociologia Aplicada era uma vertente da Sociologia. Pensava que era apenas uma disciplina. 
Confrangedor e pobrezinho eram características deste meu desconhecimento.
O mail que recebi foi mais do que esclarecedor. 
Nada de importante. Grave seria se não me fosse permitido marcar o grotesco como spam. 
Imagem de perfil

De Filipa a 24.06.2016 às 19:30

Desculpa por teres encontrado, por minha causa, este acidente.
Imagem de perfil

De Gaffe a 25.06.2016 às 01:27

Mas eu não encontrei ninguém.
Há gente que ocupa um canto de uma sala. Quando de lá saímos, juramos que estava tudo vazio.


Ao fechar a sala encerramos o assunto.
:)
Sem imagem de perfil

De Euzinha a 24.06.2016 às 16:30

Filipa, desculpa-me, mas há aqui uma cena a incomodar-me imenso. Como, senhoras, como é que vocês não fazem realmente queixa dessa senhora? O que ela diz do teu pai, da relação da isa, da filha da mirone, os insultos a toda a gente... a sério. O que é isto? Como é que vocês aguentam isto? 
Imagem de perfil

De M.J. a 24.06.2016 às 16:42

é lamentável e vergonhoso.
acredito que o melhor é não dar qualquer importância a estas loucuras, calca-las com a biqueira do sapato, sacudir o cabelo e fingir não sentir o cheiro que emana do esgoto.
tenho a certeza que terá sido essa a atitude da gaffe. 
no meio da importância dos seus dias não pôde, de alguma forma, sentir-se ofendida por isso.
também não nos ofendemos por, de vez em quando, sentir na rua um grande cheiro dos contentores do lixo, pois não?


deixemos o lixo onde ele merece. 
de preferência com a tampa do contentor bem fechada.


ca nojeira!
Sem imagem de perfil

De Ana (a Ana) a 24.06.2016 às 16:45

Qualquer dia aparece uma cabeça de porco no carro...ah espera tem de ser de atum!

Adoro o teu header!

(a sério, esta cena assusta....)
Sem imagem de perfil

De Isa a 24.06.2016 às 17:22

  1. Nos meus 37 anos de vida, aprendi que podemos corrigir todos os erros, mas o mais difícil de consertar, são os erros que saem da nossa boca. As nossas palavras ficam para sempre, ecoam pelo nosso futuro e sempre serão lembradas!
    Uma das maiores lições que tive, foi com um professor, que sempre dizia para calar nos momentos de raiva e ódio:
    - Ficou com raiva, não fale! Se não conseguir, coloque um gole de água na boca e conte até 100!
    BJOS

    Responder</a>
  2. Image
    Pink Poison (https://www.blogger.com/profile/03112374490854205319)24/06/2016, 16:36:00 (http://mundopinkpoison.blogspot.com/2016/06/de-jose-saramago.html?showComment=1466782594496#c4828847174495038285)

    Vou responder a todas as pessoas: com o silêncio de umas palavras graves que me disseram no meio da rua, eu ganhei uma acção em tribunal. 
    Beijos

    (Mas se a porra de uma anónima com nome de chocolate chama o meu marido de corno, o sangue ferve!)

Sem imagem de perfil

De Troll a 24.06.2016 às 21:16

"As nossas palavras ficam para sempre, ecoam pelo nosso futuro e para sempre serão lembradas". É só isto que ela precisa de reter, que o que fica dela são as palavras que escreveu e escreve, que de nada adianta apagar ou fingir que nunca existiram. 
No fim será assim que será recordada, a boca suja e mal criada, a arrogante que destratou a Sónia Morais Santos, porque não atendeu o pedido da passadeira com a urgência que quem só olha para o seu umbigo entendeu que devia ter atendido, a que chamou tudo é um par de botas à Maria Madeira, sem a conhecer de lado nenhum, a que apesar dos pedidos repetidos de respeito do seu amigo PDR foi grosseira e agressiva com outros comentadores daquele blog só porque discordavam dela numa situação tão relevante para a humanidade como "eu engulo e beijo de seguida", a mentirosa, a incoerente, a devassadora, a caluniadora, a desrespeitadora da memória de defuntos, a que mostra as mamas na net à procura de atenção que não consegue ter na vida real, a que escreve mal.


Sem imagem de perfil

De Isa a 24.06.2016 às 17:29

(O dela ferve. O dos outros fica só em banho maria).


A Gaffe, que não falou em ninguém, levou com aquele mail hiper educado e estava a "falar mal dela", coisa que escreveu, a Gaffe, com aquela tinta invisível que só o tronco é que leu.  
Tenho dó do psiquiatra que há-de atender aquele estrupício (palavra que, curiosamente, rima com hospício). 



Aguardemos, expectantes, a tal queixa.
Sem imagem de perfil

De Troll a 24.06.2016 às 20:05

É extraordinária, e não poderia ser de outra forma vindo de quem todos os dias dá prova do tipo ordinário de gente que é, a capacidade de só ver o que lhe convém. Agora cita Saramago, incapaz de perceber que o texto lhe cai como uma luva, que ela é joio é que dali nenhum pão sairá. As palavras dos outros magoam muito, especialmente as que lhe mostram a realidade, pobrezinha, mas as mentiras, grosserias, faltas de respeito, ameaças e insultos que ela escreve são perfeitamente admissíveis e inócuas. A ela tudo é permitido, tudo se justifica, mas aide quem a questione ou desminta. 
Que tristeza de ser.
Imagem de perfil

De Filipa a 24.06.2016 às 20:07

E agora aposto que vai gozar, toda divertida com o "aide" que aí está...
Sem imagem de perfil

De Troll a 24.06.2016 às 20:25

Se não for o aide é um é que lá está em vez de um e.
Não tendo nada por onde pegar quanto ao conteúdo prende-se com questiúnculas de forma, nomeadamente gralhas (vindo de quem escreve como ela até dá vontade de rir). Nada de novo, portanto.
Imagem de perfil

De Filipa a 24.06.2016 às 20:28

E depois fica toda contentinha de missão cumprida.


É o prazer diário da moça. Há que alimentá-lo e respeitá-lo.
Sem imagem de perfil

De NM a 24.06.2016 às 17:30

Que doce de pessoa... Alguém lhe explique aquilo de nas costas dos outros vermos as nossas. Que não é preciso alguém nos fazer mal a nós próprios (estará a ideia bem reforçada?) para termos capacidade de avaliação (objectiva) de comportamentos e atitudes. É aquilo de ver além do próprio umbigo... 
Então? Anyone? 
(Eu dou-me, desde já, por vencida que não tenho jeito nenhum para lutar contra moinhos (cabeças?) de vento.)

Comentar post


Pág. 1/2






Header gentil e adoravelmente cedido pela

Gaffe