Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Dos Óscares

por Filipa, em 29.02.16

 

Este fim-de-semana vi um filme.

Tendo em conta que sou pessoa de séries, este seria, por si só, um motivo para lá de válido para vir para aqui armada em parva com considerações fantásticas sobre o que me levou a tomar tão insubordinada decisão.

E o que me fez parar naquele filme em particular que me fez querer vê-lo? Pá, não sei. Ao passar pela lista de filmes, alguma coisa me fez clicar naquele, isto ele há coisas do camandro.

E cliquei no Room.

 

room.jpg

 

Interessadíssima que sou nisto dos Óscares óbvio que não fazia a mais pequena ideia de que este estava na corrida, limitei-me a ver a classificação que deram ao filme, verifiquei o género, o ano, e siga.

E comecei logo bem, logo com uma chapada no focinho que isto, tudo o que meta miúdos mexe comigo de uma forma que muitos poucos psicólogos conseguiriam explicar. 

Chorei, ó meu deus como chorei, o meu gajo só abanava a cabeça e perguntava se queria mudar, ver outra coisa e eu cala-te, deixa-me ver isto sossegada, deixa-me choraaaaaar sossegada, ou não fosse eu a dona e senhora do drama aqui da freguesia e chorava e chorava e chorava, toda uma tragédia, não há memória.

Não vou contar o filme, claro que não. Mas é um filme duro, um filme que nos agarra pelo estômago, aperta-nos o coração quase até ao ponto de querer partir isto tudo e nos acorda várias vezes para a vida.

Hoje ao ver as opiniões das bloggers influentes e o seu fantástico gosto pelos outfits das actrizes, dei com isto

 

oscar.jpg

 

Sim, o vestido é giro, mas esta é a actriz que faz de mãe de Jack, a criança, quanto a mim, o verdadeiro protagonista do filme.

Acho mal.

Quem devia ter ganho o Óscar era o miúdo, Jacob Tremblay, de seu nome. Nove aninhos de puro talento, que deu uma abada a esta fulana de vestidinho de folhos que até deve ter visto estrelas. 
Não há, ouçam bem isto que nunca vos enganei, NÃO HÁ, expressão nenhuma que o puto faça que não fale por si só. Aliás, ele fala pouquíssimo e no entanto, diz tanto. A mãe, limita-se a ser a sombra dele, e ainda assim ganhou um Óscar.

E é por merdas destas que nunca acompanho esta palhaçada.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


15 comentários

Sem imagem de perfil

De Pipocante Irrelevante Delirante a 29.02.2016 às 18:47

Criticar outfit de uma Pipoca Qualquer: invejosa mal f0d..a.

Criticar outfit de uma qualquer actriz: sentido de humor.

Não havia ninguém doente na passadeira, pois não? Não vá haver confusão...
Imagem de perfil

De Filipa a 29.02.2016 às 23:41

Bem lembrado.

Acho que não ;)
Sem imagem de perfil

De Isa a 29.02.2016 às 21:22

A quantidade de merdas que devem pairar por trás das nomeações e atribuições dos Óscares,
só por si devem dar um filme.
Imagem de perfil

De Filipa a 29.02.2016 às 23:41

Vê o filme. A sério.
Sem imagem de perfil

De Monica a 29.02.2016 às 23:55

Essa foi a minha reação ao filme. Fiquei de rastos. Chorei que me ia afogando.
E apaixonada por este miudo. Acho que o fato e ele ser quase igual ao meu irmão mais novo também não ajudou. Creio que foi a pior injustiça deste ano. Sim, ele tem 9 anos mas devia ser nomeado depois disto. Seria bonito o Dicaprio (para mim nada de extraordinário mas são gostos) levar uma tareia deste miudo. Sim porque ele para mim tinha de concorrer no papel principal. A academia não deixa claro.
Quanto a ela, torci por ela porque apesar de tudo acho que foi a melhor das nomeadas. E ela mesma disse, curiosamente, que tinha aprendido imenso com ele, o Jacob, e ele nada com ela. Gostei da cumplicidade deles nos vários momentos ;)

(Peço desculpa pelo testamento mas este filme e este miudo deram cabo de mim..)
Imagem de perfil

De Filipa a 29.02.2016 às 23:58

Até me coloquei em pé quando foi a altura em que ele devia saltar da carrinha, não estás bem a ver.

Mas pronto, salve-se o facto deste puto ainda vir a dar muuuuito qu falar.
Sem imagem de perfil

De Monica a 01.03.2016 às 00:30

Estou estou, que eu até me ia dando uma coisinha má. Estava a ver o filme sozinha, já nem podia dos nervos e quanto mais sozinha mais choro. Segure-se quem puder..

Espero que sim, que ele dê muito que falar ainda. Pode ter sido uma atuação unica como tantos casos mas também acho que há ali qualquer coisa...
Sem imagem de perfil

De Troll a 01.03.2016 às 00:47

Oh pá! E eu a achar que era a única..... Fui ao cinema (coisa que não acontecia desde mil nove e troca o passo) e chorei desde o início. Na cena da carrinha fiquei com taquicardia. Até me doía o coração de tanto bater. A maternidade dá cabo de nós! Eu já era chorona, mas desde que fui mãe (há uns gloriosos 7 meses) não consigo ver cenas com crianças que fico em frangalhos. No outro dia, até com um documentário em que uma lontra, depois de uma tempestade e da morte da cria, tenta desesperadamente chamá-la para si, me fartei de chorar. A cena da maternidade, da protecção, do amor incondicional é de uma grandiosidade incrível.
Imagem de perfil

De Filipa a 01.03.2016 às 00:55

Eu estava a ver a novela, han?, a novela -por causa do meu gajo, atenção, que eu só gosto de programas intelectuais e assim- e fartei-me de chorar com a Luena agarrada ao Júnior enquanto chorava baba e ranho.

Batam lá esta que eu quero ver!
Sem imagem de perfil

De Troll a 01.03.2016 às 10:35

Estou a ver o filme. Estou com o estômago às voltas. Sinto-me enjoada.

Sem imagem de perfil

De Troll a 01.03.2016 às 13:52

Concordo plenamente, o puto merecia no mínimo ser nomeado. Se ele entretanto não se meter nas drogas (como é costume nos actores infantis) é capaz de dar muito que falar daqui a uns tempos. Agora vê o beasts of no nation que tem um puto tão brilhante ou quase tão brilhante como esse. Babei-me toda a ver esses dois filmes. Quando o assunto são crianças também me dá um fenómeno inexplicável, fico dias e dias a pensar no mesmo assunto.
Imagem de perfil

De Filipa a 01.03.2016 às 13:55

vejo se me disseres que não vou chorar.
Já não aguento mais!
Sem imagem de perfil

De Troll a 01.03.2016 às 15:25

Choras de certeza. :)
Imagem de perfil

De Home Sweet Home a 01.03.2016 às 13:58

e o puto nem sequer foi nomeado... injustiças... devia ter recebido logo aos 9 anos o oscar e pronto...
além de que foi dos convidados mais cheios de piada... perguntaram-lhe como é a tua perspectiva dos oscares e ele todo querido e fofo... "vê se muitas pernas" muahahahha adoro o puto!
Ainda nao tive coragem de ver o filme...
Sem imagem de perfil

De lúcia a 02.03.2016 às 00:30

A Academia deu um Óscar à Anna Paquin tinha ela 11 anos,a Tatum O'Neal tinha pra aí 9 ou 10,este miúdo merecia,no mínimo,a nomeação.

Comentar post






Header gentil e adoravelmente cedido pela

Gaffe