Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Gomo 2, o meu Deus Gregóarromano

por Filipa, em 26.07.16

Olá, bêéfeéfes.

 

Ai, tenho tanto para vos contar depois daquilo dos tomates que nem sei para onde me eide virar, se em frente se por detrás!!!! 

Se calhar pontuava tudo para facilitar a leitura:

Ponto um: finalmente acabei de arranjar aquela tomatada toda e já fiz o doce todo. Gastei quinze bilhas de gáz e três meses inteiros a mexer taxos cheios de tomate e açucar amarelado mas já estou despaxada. Tenho aqui prendas para toda a gente, inclusiver para a minha ex futura ex sogra, mãe do Puko Nino que voltou à recarga. Não me aperguntem, é complicado por ademais.

Ponto dois: desde a semana passada muita coisa aconteceu enquanto estava com a barriga encostada ao fogão e fasia o doce: passámos a consoada juntos, sinal claro de compromiço sólido e com feturo. Ele fertou-me uma jóia de empunhar ao peito em forma de oito: fazia 8horas que nos conheçíamos. O meu deus arromanógrego é mesmo atensioço.

ponto trêz: na terça-feira, dia de natal, como estava bom tempo -o S. José anda feito brincalhão com nosco ihihihihiih- fomos até à fronte da telha e como estavão 42ºC passá-mos o dia a caminho da toalha e da água e viçe e versa. Ainda hoje estamos a ssoro com as quimaduras que sufremos. 

Ponto quatro: na quarta, dia de páscoa, matámos meio borrego e da parte da tarde fomos até aos assores ver dois assores namorarem. Tão romântico, não é?. Voltámos mesmo a tempo do carnaval em que nos mascarámos de amebas de merda. Não foi preciso muito: apenas arrespirar para dentro e para fora, não nesseçáriamente por esta ordem.

Ponto cinco: sinto uma sensação boa de banho tomado, mas sem entrar no polivã, chigar ao trabalho e fazer posts destes em que falo da minha história de amor que já se passou mas que vou contando como se estivesse a passar ou estivesse para passar o que já se passou porque as coisas do amor são assim, intemporais que é quando há um vendaval mas ao contrário.

Não gostão tanto?

Ponto seis: o meu deus tem sete filhos lindos, todos mais velhos do que eu. Damos-nos todos bem e à noite vou-lhes dar o beijinho de boa-noite e acolchoar as roupas da cama. O meu deus adora que eu me dê assim tão bem com os meus en telhados. Quase que paressemos o princepe, a branca de neve e os sete anães. a minha hestória de amor faverita.

Ponto sete: querião já tudo, não? Para a semana vamos passar o 25 de Abril a Mérdola, a terra natal do meu deus. Esperem por niws.

 

Kis, kis

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


16 comentários

Sem imagem de perfil

De Mariana a 26.07.2016 às 09:09

Epá... pareces a S* a falar :)))))
Imagem de perfil

De Filipa a 26.07.2016 às 09:17

Então mas começam já as ofensas, porquê???
Sem imagem de perfil

De Mirone a 26.07.2016 às 09:26

Carla, que caixa de surpresas! O carnaval depois da Páscoa, estranhamente, foi o que fez mais sentido nesta cronologia toda. 
Sem imagem de perfil

De Carla a 26.07.2016 às 09:35

Ai cagora baranhei.
Atão mas a semana passada foi assim. Assecalhar foi por causa que este ano é bisexo.
Sem imagem de perfil

De Mirone a 26.07.2016 às 09:40

Deve ser isso, deve. Ainda um destes dias a senhora da frutaria me dizia que este ano tinha sido péssimo para as colheitas, quer frutas, quer legumes, por ser um ano bissexto. Não sei se com os anos bisexo se passa a mesma coisa.
Imagem de perfil

De Filipa a 26.07.2016 às 09:42

Eu axo que os anos bisexos são óptimos pá fruta. Da última vez que vi foi cá um arraial de tomatada ihihihihiihihih
Imagem de perfil

De Filipa a 26.07.2016 às 09:43

(Isto foi a Carla que usou o meu pc, claro)
Sem imagem de perfil

De Isa a 26.07.2016 às 09:48

Que lindo conto de pessoas com distúrbios psicológicos! E que lindos saltos no tempo, e que lindo tudo, ó Carla!
Ai que lindo, que lindo, que lindo.  Um vendaval ao contrário, é uma aragem  muito calma, ou é um ao contrário literal, do género um buraco negro que suga as coisas e as 'ssoas, opá? 
 
Pergunto, só pra contrariar aquele comentador que foi ao blog do menino que entrevistou a Filipa, dizer que os comentadores deste tasco são todos uma cambada, que espelha a  ignorância  intelectual que paira no nosso manito País. E eu, pixemplos, sou uma pessoa inteligente que faz perguntas hipé  supé interessantes, como acabei de demonstrar.  
Imagem de perfil

De Filipa a 26.07.2016 às 09:51

Pronto.
Tinhas de estragar a harmonia e a paz que reinava nesta merda, caralho!!!
Só estás bem na puta da guerra, não consegues estar incondicionalmente tranquila ca puta das coisas.
Dasse, já me enervas-te, como diz a outra.
Sem imagem de perfil

De Isa a 26.07.2016 às 10:16

Issé porque gosto de vê-los a cair, foda-se! Posso? 
Quer-se dizer, tu ris-te-te com as quedas alheias, mas eu não posso, quem lá ver esta merda. 


E que paz? E que harmonia? E que bolos? onde? Quero! Sou incondicionalmente fã de bolas de berlim, do Depp e de chapadões de manhã à noite, a gente estúpida. Serve?





Imagem de perfil

De Filipa a 26.07.2016 às 10:19

Estás a ver porque tenho a fama que tenho?
Em vez de aproveitarmos esta caixa de comentários para falarmos sobre o futuro do país, quiçá do mundo, da fome em África, do défice e de outras merdas de interesse global, vens esborrar-me esta merda com bolas.
Não hei-de eu sofrer dos nerves.
Sem imagem de perfil

De Isa a 26.07.2016 às 10:34

Ahhh mas podemos falar. Olha, o futuro do nosso País é aquele que não decidimos, a fome em África só grassa (belhéque, vómito, ugh!) porque há uma meia dúzia de sacanas capitalistas a mexerem cordelinhos nesse sentido, por vias de interesses lá deles, o défice anda periclitante, porque não se sabe exactamente quanto é. Uns dizem que é x, outros que é y, uns defendem que medidas drásticas devem ser tomadas, outros nem por isso, pá, por cá o pessoal do aparelho estatal continua a gastar e nós a pagar, continuamos a esburacar o ozono, o terrorismo alastra, há quem ache que é bem feito, são consequências das más políticas e acções do ocidente, há quem ache que uma bomba no local certo resolvia-nos o problema.  Donald Trump é bem capaz de ganhar aquelas eleições, e isso mete-me muito medo. MEDO. Muito. Não comi figos este ano. Nem sardinhas.  Não sei se isto pode fazer parte de questões altamente intelectuais, mas olha que a mim me está a fazer muita diferença, e se temos que olhar pra nós como um todo, pois que o todo tome nota que há aqui uma bequinha dele, bastante incomodada. 
Sem imagem de perfil

De Ana (a Ana) a 26.07.2016 às 10:42

Eh pá, eu não posso ir aos outros blogues, antes de passar neste.

chego cá chocada.

Sou a única que acho que é photoshop, a do pernil na piscina??? Ai a minha vida.
Sem imagem de perfil

De nina a 26.07.2016 às 11:27

Amei a ordem cronológica do teu post Carlinha. És uma kida.



Fiquei com desejos de comer   uma bola de berlim e uma trina.
Sem imagem de perfil

De Alex a 26.07.2016 às 13:07

Vou de férias uma semana e perco o fio à meada....saudades de te ler Karla.
Sem imagem de perfil

De Galinha a 27.07.2016 às 14:20

Carla, todas as suas semanas têm à terça o dia de Natal, na quarta a Páscoa e depois o dia de Páscoa?
Onde é que as desencadeia? É numa promoção num supermercado?

Comentar post






Header gentil e adoravelmente cedido pela

Gaffe