Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Dúvidas Cor de Rosa

Um blog extremamente fofinho e quase sempre zen.

Dúvidas Cor de Rosa

Um blog extremamente fofinho e quase sempre zen.

12
Set17

Há dias em que mais vale cagar um pé todo até ao joelho, já dizia meu saudoso paizinho

Filipa

Por três vezes tive de refrear os meus azeites que, como é sabido, borbulham amiúde e nem sequer é preciso que se lhes chegue a chama no máximo.

A primeira foi logo ao chegar à puta da escola do mais velho, àquela merda mais inútil que alguém podia ter inventado de seu nome reunião, e vi em cada lugar uma pastinha que correspondia a cada uma das crianças. Cor-de-rosa para as meninas, azul para os meninos.

Começou-se logo com as perguntas de merda acerca de, se era desta forma tão discriminatória que se queria a educação dos pequenos logo nos primeiros anos de vida escolar e o ponto seguinte fez-me perceber logo como é que esta professora não previu este cenário tão catita. A maioria terá ido marcar consultas de psicologia, o meu João foi dar banho aos nenuncos da irmã.

A segunda foi quando a professora começou com a conversa de que a empregada da limpeza dela ganha mais do que alguns professores. Eu ainda estava tonta com o disparate anterior, não me lembro bem a que propósito é que isto foi cagado, mas achei que parecia mal pedir desenvolvimentos sobre um assunto tão merdoso logo assim no primeiro dia. Logo de seguida, para reforçar a ideia, diz que ser mulher a dias não era desprimor nenhum. Só que os professores ainda estudam quatro anos para depois andarem nestas vidas.

Percebi logo ali que não vamos ter um ano lindo.

A terceira foi quando aqui cheguei e percebi que mais um movimento de merda foi criado e nenhum blogger de jeito foi convocado para participar nele, nomeadamente eu e mais dois ou três. 

 

Estou que nem posso com esta merda toda. 

 

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Filipa

    12.10.17

    Não obstante do facto fia de puta que é levar com esse pontedo todo logo pela manhã, que me faz visualizar imediatamente uma criatura de metro e meio aos pulos e histérica com a finalidade de alguém a ouvir, confesso que o nome escolhido foi brilhante e surtiu muito mais efeito do que os mil quinhentos e trinta e três pontos de exclamação utilizados em meia dúzia de linhas e mais os que te terás eventualmente deixado em casa.
    Posto isto, vamos ao que interessa.
    Pá, ó Carla, não te incomoda saber que este comentário está mais mastigado que as criticas da picante à Maçã de Eva ou aos outfits da Pipoca?
    É que chegares aqui com esta merda deste discurso é como chegares ao pé de um fogão, ficares em êxtase com a chama e vires para a rua festejares o facto de o homem ter descoberto o fogo.
    Em pleno 2017.
    Ou chegares ao pé de um carro e paralisares abismada ao pé de uma roda e não perceberes quando e que alma génia -não confundir com alma gémea, han?- terá descoberto aquilo, porque como andas demasiado absorta aí no teu mundo muito próprio, não te apercebeste do feito.
    Pensa lá nisto com carinho da próxima vez que decidires ser assim, bué de engraçado e não sei quê. 


  • Comentar:

    Notificações de respostas serão enviadas por e-mail.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

    Links

    Para consulta em caso de necessidade

    Comentários recentes

    • Pequeno caso sério

      Deixa lá que esta que te escreve já tratou disso e...

    • Anónimo

      Mas não censuras? Aliás a mãe e o pai.E n me refir...

    • Filipa

      Ando numa de zen e de não me enervar e de mantras ...

    • Quarentona

      Ó pá, não te acanhes!

    • Filipa

      Acho que baralhei tudo.Na primeira foto foi em Ber...