Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




 

Calhou parar no site na Equivalenza e calhou ler os separadores da missão e fabricação e quedei-me neste parágrafo que passo a transcrever para minha confusão:

"(...)Todos os nossos perfumes e aromas são de fabricação própria, seguindo os mais rígidos controlos de qualidade, conferindo todo o processo de produção. A nossa equipa de especialistas e criadores elaborou cada produto com as essências mais delicadas.(...)"

Destaco "fabricação própria" e "elaborou cada produto".

E agora a pergunta que me vai desassossegar durante toooodo o fim-de-semana:

Como é que se elabora e fabrica de forma própria uma coisa que já existe, ou seja, uma cópia?

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


25 comentários

Sem imagem de perfil

De Mirone a 02.10.2015 às 12:07

Pois eu que não fui ao site deles, estava aqui a ler o teu itálico e a pensar: Como é que é que disse? Pode repetir?

Estamos em sintonia.
Sem imagem de perfil

De Uva Passa a 02.10.2015 às 12:52

Os perfumes são feitos a base de solvente, água e essência da fragrância (oléo). Quanto maior for a percentagem de essência, mais fixação vai ter na pele. A diferença de cada uma é na proporção que existe de fragrância e água, e daí haver o Eau de Parfum, Toilette, Cologne. Porém, também existe a essência concentrada chamada de Parfum ou Perfume, somente.
Os equivalentes usam a mesma base mas a mistura do óleo é feita de forma diferente. Daí chamarem fabricação a uma coisa à qual eu chamaria de mistura.
Os óleos compram-se, mas há quem saiba fabricar os óleos. Também pode ser o caso.

Sem imagem de perfil

De Filipa a 02.10.2015 às 12:55

Uva, eu sei como os perfumes se fazem. Afinal, quando não tiro bicas e sirvo pastéis de nata, trabalho numa perfumaria.
Isto que vendem são cópias dos perfumes que encontras em qualquer perfumaria.
Simples assim.
Sem imagem de perfil

De Uva Passa a 02.10.2015 às 13:03

São cópias mas as cópias também levam material. Quando fazes uma cópia de um quadro usas a tinta e a tela. Não estás a criar nada de novo mas a ação de pintar é criação tua, logo também fabricas tu própria a cópia do quadro.
Copiar pode ser considerado igualmente uma fabricação própria. Só se repete a ideia original.

Não?
Sem imagem de perfil

De Uva Passa a 02.10.2015 às 13:04

Por falar em cópias. Já roubaram uma das cópias dos quadros do Museu de Arte Antiga que estavam expostos na rua.

Pérolas a porcos.
Sem imagem de perfil

De Filipa a 02.10.2015 às 13:53

Portanto, eu agarro em 2000 € compro uma 2.55 e decido fazer umas quantas só naquelas que isto não é só educar as massas. Há qye as por a cheirar bem e andar com classe. Faço cópias da cena com material de quinta, espeto-lhe o símbolo original trocado para não parecer muito flagrante e na etiqueta escrevo "Channel".
Ou "Chanell", tanto faz.
Depois vou vendê-las a quem quiser fazer de conta que tem um original.
A ingenuidade é muita para quem pensa que quem compra nesta loja pretende um cheirinho bom, ao invés de uma cópia barata do aroma favorito.
Oh well.
Sem imagem de perfil

De Uva Passa a 02.10.2015 às 14:04

Comprei uma vez.
Tenho um amigo que tem uma loja dessas. O cheiro não tem nada a ver, além do que passado um tempo fica tão mas tão descaracterizado que parece que estás a usar o cheira que metes na sanita.
Não sou cliente.
Uso o Narciso Rodriguez garrafa preta há anos, pago um balúrdio porque compro logo o maior, mas aquilo mantém-se ali que é uma maravilha.
Sem imagem de perfil

De Filipa a 02.10.2015 às 17:25

Estás a ver como estamos de acordo, boneca?
Não passam de falsificações.
Aliás, até há bem pouco tempo atrás nestas lojas existiam umas espécies de tabelas comparativas.
Foram proibidas, pois então.
Agora agarram-se às famílias olfactivas, como se esta merda não fosse a coisa mais relativa do mundo, mas pronto.
Sem imagem de perfil

De Troll a 05.10.2015 às 15:40

Quando falam em fabricação, é enganar meninos sem mentir. Ou seja, e no seguimento da opinião da Uva Passa, de facto "produzem" algo, ainda que seja cópia, por isso não mentem. Se a Dúvida quisesse escandalizar-se, sugeria que ouvisse o parlapié das vendedoras dos Perfumes Las Vegas, marca alemã que imita as marcas no mercado. " Vocês sabem o que torna um perfume caro? É a marca, a publicidade e os frascos. Na Las Vegas compra-se só o perfume e, sem custos de publicidade e marca, sai muito mais em conta ". Pois, claro que sai em conta, se eu copiar ou roubar o que tem dono e vendê-lo à descarada, até me dou ao luxo de vender mais barato.
Sem imagem de perfil

De Barcelence a 07.10.2015 às 22:26

O comentário deste Troll, é meu. Não sei o que se passou e o nome até é giro mas, como tenho orgulho em desdenhar a Las Vegas, assumo a autoria.
Sem imagem de perfil

De me a 02.10.2015 às 19:12

A sério? Fonix q cambada de atrasados.
É mm isso, pérolas a porcos.
E o pior (aalusivo aos dias q correm ) é q essa gente tb vota!
Sem imagem de perfil

De Entre Dias a 02.10.2015 às 14:36

Então isso é porque eles fazem toda a produção, mas depois calha os perfumes ficarem a cheirar igual aos de boas marcas... Deve ser isso de certeza!
Sem imagem de perfil

De Filipa a 02.10.2015 às 17:27

É uma calha muito conveniente. Adoro calhares desses.
Sem imagem de perfil

De . a 02.10.2015 às 23:46

Boneca... lol
Sem imagem de perfil

De Filipa a 03.10.2015 às 10:21

Sim, boneca.
Onde é que está o lol?
Sem imagem de perfil

De Troll a 02.10.2015 às 15:52

Não gosto nada dessas cópias de perfumes!!
Até podia vender aquilo, agora dizer que é cópia deste ou daquele perfume é que não!!!
Sem imagem de perfil

De Troll a 02.10.2015 às 15:55

Atão passaste a chefe e não partilhas connosco??
Depois admira-te da não passares da blogocepa-torta!!!
Vais dizer que também nunca aconselhaste uma boa amiga a comprar casa na Imovirtual??!?! Tssss tssss
Sem imagem de perfil

De Filipa a 02.10.2015 às 17:28

Ai não partilhei? Oh.
E eu que pensava que partilhava tudo convosco!!
Sem imagem de perfil

De Fã N.• 1 da Filipa Brás a 02.10.2015 às 21:14

O povo é que a sabe toda:

"Chefe fora, dia santo na loja"
Sem imagem de perfil

De Troll a 02.10.2015 às 23:47

A fabricação é própria, só que produzem cópias, como qualquer fábrica de contrafacção.

A diferença é que há umas bloggers imbecis a publicitar esta merda como se fosse algo digno, nomeadamente a blogger que quer vender medicamentos.
Sem imagem de perfil

De Filipa a 03.10.2015 às 10:20

Contrafacção.
Era mesmo esta a palavra que não me saía debaixo da língua.
Sem imagem de perfil

De Ana a 03.10.2015 às 10:08

Aposto que agora se acabaram os problemas com a chefe, que ela não é burra, que jamais cometerá erros e que o pessoal viverá satisfeito sob a sua chefia para sempre. The end.
Sem imagem de perfil

De Filipa a 03.10.2015 às 10:19

Depende, Ana, fala de quem? Dos meus colegas ou das pessoas que a minha ex-chefA continua a escravizar, diga lá?
Sem imagem de perfil

De Ana a 03.10.2015 às 23:16

Não há o que dizer, Filipa. Primeiro, porque não havia como me estar a referir à sua ex-chefe. Segundo, porque a Filipa me entendeu perfeitamente à primeira. Terceiro, porque eu não estava a perguntar nada.
Sem imagem de perfil

De Filipa a 04.10.2015 às 12:51

Ah.
Que tonta, eu.
Isso, vai ser o the end mais perfeito do mundo.
E não, também não estou a responder a nada.

Comentar post






Header gentil e adoravelmente cedido pela

Gaffe