Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Dúvidas Cor de Rosa

Um blog extremamente fofinho e quase sempre zen.

12
Nov15

Leio por aí coisas destas e esbugalho bué os olhos #9

Filipa

*(...)Eu conheço o blogue dela, mas confesso que não sou a maior fã (...) 

 

**"Não a sabia perita em maquilhagem"

 

Estou magoada, sabem?

Foi como uma garfada nas costas, um pontapé nos tomates, caso tivesse nascido com um par deles, uma chapada no focinho, uma cabeçada na cana do nariz, um soco na boca, uma paralítica na coxa, uma amona que ultrapassa os limites do pânico, uma canelada com uma botas ortopédicas, acho que já deu para perceber, que leio os comentários de alguém que frequenta este blogue e que até era alguém por quem eu sentia alguma estima:

 

"(...)Olha, vou-te recomendar o blog Dúvidas Cor de Rosa da Filipa Brás. A tipa é bruta que nem um comboio desgovernado mas sabe a rodos da cena. Dá imensas dicas, todas boas. E acho que por mail também te pode ajudar. Mas não garanto atenção... :)" (*sugestão que origina a primeira frase da minha não-fã)

 

Há mais. A maldade humana não tem, de facto, limites:

 

"Ela é bruta que nem um camião TIR mas dá boas ideias... Não é para se gostar dela. É mesmo para aprender..." (**frase que origina a segunda frase da minha não-fã)

 

Não sei se estão bem a ver a dimensão da gravidade da situação, nem eu estou a ver forma de recuperar disto.

Por um lado, descubro que existe alguém, uma pessoa com sentimentos, de carne e osso, uma blogger que não é minha fã e que não me dá a mínima hipótese de me redimir, fazendo o que estivesse ao meu alcance, qualquer coisa, just name it, para que começasse a olhar para mim com outro olhos e assim, juntinhas, fazíamos desabrochar um intercambio gostoso de comentários fofos e selinhos amorosos. Reparem que a criatura nem sequer me sabia "perita em maquilhagem", ora foda-se!, afinal tanto trabalho para este não reconhecimento todo? Esta blogger está, claramente descontente comigo e eu perdida, sem um sinal, um alerta que me guie pelo nevoeiro deste desprezo todo.

Por outro, descubro que um leitor -sim, é um homem, vis traidores, quem é que se lembrou de os inventar, por Pan?- não só acha que não passo de uma besta quadrada capaz de trucidar quem se me atravesse os humores, como me considera burra que nem um tijolo de seis, ao ponto de achar que este blog serve para dar conselhos de borla a qualquer uma.

Portanto, não há problema em não se gostar de uma blogger mas, aparentemente, podemos usá-la em nosso próprio proveito, não é lindo?

 

Esta blogoesfera anda linda. Ai anda, anda.

 

 

48 comentários

Comentar post

Pág. 1/2

Para consulta em caso de necessidade

Cenas da Carla

Anita

No sapo também os há

Coisas do existencial

Dos blogues