Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Não posso ver ninguém a chorar

por Filipa, em 12.05.15

que lá abro as comportas. Sou muito solidária nestas coisas do sentimento e por só chorar quando estou a sofrer, quando a minha alma já não sabe o que fazer à vida e começa a rabear, é que choro quando vejo chorar, é que choro quando vejo sofrer. Mesmo quando não faço ideia do que aflige quem chora. E isto, esta mania que se me aflora amiúde, deixa-me muitas vezes em maus lençóis: é que eu gosto e cultivo a ideia de que sou uma durona, há anos que passo por uma. Sucede que as desculpas já não fluem como dantes, muitas das vezes as que saem de qualquer maneira, saem embrulhadas em soluços e ranho. Acho que ninguém toca no assunto para não me arreliar mas as pessoas começam a reparar. O meu disfarce neste momento encontra-se em perigo afinal uma durona não chora por empatia. Muito menos com a saída da Marta do Masterchef, não chora a ver os ídolos, não chora porque chega a casa à noite e vê o jardim cheio de pirilampos, não chora com as danças do Dança com as Estrelas, não chora quando o seu filho ri dos olhos quando a vê, não chora quando está triste e alguém lhe pergunta "o que tens?" Uma durona tem principios e o mais básico é não chorar.

Felizmente estou muito melhor, é o que me vale.

Autoria e outros dados (tags, etc)


6 comentários

Sem imagem de perfil

De Mirone a 12.05.2015 às 14:02

E que dizer das que choram, porque sem contar, vão a passar em frente ao parque e percebem que os meninos da escola da filha foram a pé ver uma exposição não muito longe, e vêm a filha de mão dada com outra criança mais pequena, protectora, a dar-lhe o lado de dentro do passeio. Quase me espetava contra contra o carro da frente.
Também sou uma fraquinha.
Sem imagem de perfil

De Pipocante Irrelevante Delirante a 12.05.2015 às 17:08

Eu choro a ver o Dança com as Estrelas. Melhor... choro ao saber que existe o Dança com as Estrelas.
Sem imagem de perfil

De Be a 12.05.2015 às 17:19

Estou solidária. Desde que fui mãe tornei-me uma chorona, não é tanto assim (Dança com estrelas, Ídolos??!) mas emociono-me com alguma facilidade e se há coisa que não consigo ver, são reportagens de crianças internadas em hospitais, o meu esteve lá demasiado tempo logo que nasceu. E ralho muito para disfarçar as lágrimas "QUEM É QUE NO SEU PERFEITO JUÍZO GOSTA DE VER ESTAS COISAS?? MUDA DE CANAL!)
Sem imagem de perfil

De xaxia a 12.05.2015 às 22:29

Ide fazer um teste de gravidez.
De nada.
Sem imagem de perfil

De A Bomboca Mais Gostosa a 12.05.2015 às 22:50

Olha, somos duas. Eu sempre fui uma durona disfarçada, mas agora, depois de ser mãe, isto piorou muito, choro com muita facilidade. Hoje chorei a ver Revenge e Criminal Minds. Não dá para aguentar...
Sem imagem de perfil

De ana a 13.05.2015 às 09:03

Quase que choro ao ver tantas igual a mim..Choro quando vejo a minha filha feliz com os amigos, quando vejo a tristeza de alguém pela morte de uma pessoa que eu nem sequer conheço, quando vejo uma procissão, choro num batizado etc etc e até choro quando tocam o hino de Portugal antes de um jogo de futebol...Sou uma desgraça e estranhamente tenho fama de ser muito calma e controlada

Comentar post






Header gentil e adoravelmente cedido pela

Gaffe