Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Não sei se sabem

por Filipa, em 02.06.17

Mas hoje é o dia internacional da prostituta.

Era só isto.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


11 comentários

Sem imagem de perfil

De João a 03.06.2017 às 10:12

Ainda bem que linkaste, dado que é um dia, onde não se julga a prostituição mas sim criam-se esforços de protecção e inserção dessas pessoas, por norma, mulheres. 
TU, como besta quadrada que és, sem qualquer formação cívica, e suponho que superior idem, não tentes destruir tudo o que te rodeia. Tens inimigos e toda a gente está farta desse registo, menos o cão de fila. Agora não publiques, basta leres. 
Imagem de perfil

De Filipa a 03.06.2017 às 13:56

João:
Em primeiro lugar e antes de andares por aí sem açaime e a assustares as pessoas, deixa-me que te diga que me estás a criticar porque fiz exactamente o que determinaste ser bem feito.
Portanto, ainda bem que linkei. Mas acontece que ainda não estás contente. Calhando querias o link servido com scones e um chá de tília. 
Preocupam-te as minhas inimizades e pior, a minha formação superior. João, já ando nisto há muitos anos, sou eu e o pipoco, aquele poço de charme e magnificência, e esse assunto já muito foi debatido.
Aliás, mais do que o pib ou o passivo do SLB, a minha formação é coisinha para ser debatida até à exaustão sem que ninguém chegue a lado nenhum. Mais do que os meus estudos, acho que o que incomoda mais, João, é que ninguém faz puto de ideia de nada a meu respeito. E isso, João, para quem a coisa pia diferente, incomoda e desassossega.

Toda a gente, quem, João? As putas? Tu? O sapo cocas? Devias ser mais preciso para que eu me pudesse retratar ou assim. 

Para terminar, ninguém julga as putas. Só as de personalidade, mas estas não contam porque fodem a cabeça aos outros de borla, só mesmo pelo prazer de ser puta. Nada contra, eu também retiro imenso prazer do meu trabalho: adoro tirar bicas e servir pastéis de nata, lá no estabelecimento comercial onde passo os meus dias. E algumas noites.

Agora não me fodas mais a cabeça, João  (agora que o escrevi, reparo que tens aí um nadinha de puta, vê se ficas feliz, ontem foi o teu dia!), já sabes que as bestas quadradas não têm pejo em mandar-te foder, porque essa liberdade, esta forma tão certeira de tratar putas, não está ao alcance de qualquer um, apenas de quem ri condescendente de quem acha que na blogoesfera se arranjam inimigos.
Ou amigos.

Ta foder, pá. 
Sem imagem de perfil

De isa a 03.06.2017 às 17:20

"Ainda bem que linkaste", já por si seria motivo para a pessoa cheia de civismo não pôr cá os pés, mas é claro que a pessoa cheia de civismo sente uma estranha obrigação moral em visitar o espaço dos outros, pra lhes dar uma achega no sentido de os evengelizar sobre o que é socialmente bonito e/ou "aceitável". 
Também continuo a achar estranho (para não dizer ridículo) o esforço que o pessoal como o "João" empenha na leitura do post. Talvez por resguardo à sua própria
personalidade, insiste em atribuir julgamentos que já se deixou claro não serem os reais. Percebe-se. Afinal de contas todos temos um passado, há coisas bem piores a acontecer no passado de cada um, há até passados que se arrastam aos presente,  como suponho que seja o caso do "João", que se alvitra ter nascido estúpido/a e  nunca mais parou, até hoje. "João", um prostituta não costuma se-lo 24h ao dia. Não dorme prostituta, come prostituta, limpa a casa prostituta, ama os seus prostituta, e por aí fora.Ela (ou ele), oferecem os seus serviços em determinados horários, no restante tempo serão pessoas comuns, pelo que havias  de, ao invés do pseudo altruísmo levantar o olhar  até elas (ou eles), e aprender algo.  

Deixa-me confidenciar-te,  "João", que ser cão de fila faz parte muito intrínseca da minha personalidade, coisa que partilho com aqueles que me são alguma coisa.  É mesmo um sine qua non para se conviver comigo, é daquelas coisas que não desenvolvo em expectativa, eu exijo. Logo, retribuo. É o que faz a diferença, quanto a mim, entre um filho da puta e alguém com um mínimo de decência, e eu cá gosto de fasquias altas, de modo que já vês como é difícil ser-se meu amigo e em que conta tenho o conceito. Falhou na lealdade, morreu. Tás a ver? E por lealdade, por favor não entendas um amén a tudo o que o outro faz. Refiro-me a transparência (outro conceito que podias muito bem ir aprender com as prostitutas), que é aquilo que nos faz saber com o que podemos contar de alguém, dentro do que lhe conhecemos e nos conhecemos. 

És, como vês, quanto a mim, uma pessoa de contínuas aspas. Não gosto. Mas isso tu já sabes, "João". A reciprocidade é óbvia e legítima, e eu, claro, "João", agradeço-te imenso, na medida em que gosto muito de coisas bem definidas, e prezo um mundo a minha diferenciação de perfeita escumalha como tu. 
Mesmo em blogues. 

  
Sem imagem de perfil

De Elsa Alexandrino a 03.06.2017 às 20:17

Muito bem, Isa.....
Sem imagem de perfil

De Elsa Alexandrino a 03.06.2017 às 20:13

Filipa adorei....prefiro mil vezes as putas, que são pessoas decentes, muitas vezes infelizes, com vidas que sabe.o diabo, do que uma filha da puta, que geralmente não sai à maezinha, fez-se ela própria, para nos foder o juizo e a vida. 
Vivam as putas à seria.
Sem imagem de perfil

De Troll a 04.06.2017 às 15:31

O João parece zangado(a)!
Eu queria dizer umas coisas acerca do tema mas como não tenho "formação superior",  vou ter de ficar em silêncio :(
Imagem de perfil

De Filipa a 04.06.2017 às 20:30

Lá está, o João está "puta" :)
Sem imagem de perfil

De ó-nóni a 05.06.2017 às 00:34

só um aparte, eu que sou muito cioso da semântica. 


como é que alguém, suposto no seu perfeito juízo, consegue encaixar na mesma frase "tu que és uma besta quadrada", e logo a seguir "cão de fila", ou assim, a memória já não é o que era, que se assemelham vagamente a insultos, pouco subtis, pouco cultos é certo, com "respeito pelos direitos cívicos", que, obviamente, na opinião do senhor/a não inclui insultos anónimos. excepto se bësta for aquele móvel do ikea, que de facto é para o quadrado. 


é a constante contradição que há-de levar o mundo à ruína. 
há quantos anos ando nesta prédica do mundo perdido? ninguém liga. é só Marcelo, selecção, Ronaldo, Costa, Ronaldo, Marcelo, Marcelo, gatos nas árvores, pobre bichos, e o "somos os melhores do mundo cá do prédio"... 


de qualquer modo, pedia o favor de, chamando-me besta, chamem-me redondo, para poder rebolar de tanto rir. 


beijoca Linda! 
Imagem de perfil

De Filipa a 05.06.2017 às 11:33

Não te esqueças do festival. Aquele não sei quê que cantou aquela música que coiso e que toda a gente adorou.


Sempre o mesmo distraído, tu.
Sem imagem de perfil

De ó-nóni a 05.06.2017 às 00:39

caraças Filipa! ainda andas à caça de ips, poças. já não chegava a nsa e os parolos dos serviços portugueses e ainda tinhas de vir tu com esta atitude repressiva que viola os meus direitos cívicos?!!! 
com mil milhões de raios e coriscos... 

Comentar post






Header gentil e adoravelmente cedido pela

Gaffe