Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Dúvidas Cor de Rosa

Um blog extremamente fofinho e quase sempre zen.

Um blog extremamente fofinho e quase sempre zen.

Dúvidas Cor de Rosa

02
Mai17

Não tenho tido muito tempo para estas coisas da bloga, mas até o meu pouco é o suficiente*

Filipa

Minhas leitoras mais lindas que tanto clamaram pela minha presença, eis-me, ainda que num tirinho, com boas novas.

Em primeiro lugar, não me esqueci do meu papel nesta hecatombe que é o mundo dos blogues, que é o de vos mostrar em que produtinhos milagrosos/ maquilhagem/ e tudo quanto faz uma gaja verdadeiramente feliz, haveis de gastar o vosso rico dinheirinho. Nesta senda, ando há um ror de tempo a sujeitar a minha pele delicada e de berço, a tudo o que é rotina de beleza bidiária com itens que estão ao alcance de qualquer borra-botas, por forma a que toda a clientela possa deslumbrar com a sua tez imaculada e per-fei-ta.

Me aguardem, por favor, que já sabem que gosto de falar das coisas com propriedade. 

Enquanto esse dia chega e não chega, decidi -e para juntar à colecção de movimentos já criados por mim- iniciar aqui e agora um novo movimento que por acaso já me andava a habitar as vontades para lá de um peidinho de tempo, o movimento:

 

 

"Por qué no te callas?"

 

Há muito que ler alguns blogues tem um efeito em mim de um Zolpidem mas em bom. Dez minutos deste penoso exercício e rapidamente afundo num sono profundo. Não é que não aprecie a facilidade com que o enfado me empurra para o sono dos justos, ou a rapidez com que o tédio me põe a bocejar, mas antes que estes bloggers, os chatos como a porra, nos arrastem para este lodo que é o fastio com que nos pautam as vidas, achei por bem lançar este significativo movimento, por forma a que este flagelo se extinga.

Eis a minha contribuição:

 

pntc1.jpg

 

Quem se junta?

 

 

 

 

 

*citação minha, não a copiei ao pipoco do Facebook.

 

 

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Filipa 02.05.2017 15:07

    Pá, tens de me enfiar no lombo a cruz que carregas nele, né?
    Eu carrego montes de merda, daí a figurinha.
    Desenvolves o teu próprio sacrifício e siga.
  • Comentar:

    Notificações de respostas serão enviadas por e-mail.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

    Cenas cá da malta

    Para consulta em caso de necessidade

    Cenas da Carla

    Anita

    No sapo também os há

    Coisas do existencial

    Dos blogues

    Arquivo

    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2016
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2015
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2014
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2013
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2012
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D