Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Dúvidas Cor de Rosa

Um blog extremamente fofinho e quase sempre zen.

Um blog extremamente fofinho e quase sempre zen.

Dúvidas Cor de Rosa

31
Mar16

Porque nunca irei passar da blogocepa torta #25

Filipa

A minha rafeira está com o cio.

Ontem vi umas pinguinhas de sangue no chão, separei-a logo do marido e corri a casa toda à procura das suas cuecas.

Sim, a minha bicha tem dois pares de cuecas para os seus dias difíceis que felizmente só sucedem, na pior das hipóteses duas vezes por ano. Dentro de suas panties coloco os seus próprios pensos higiénicos e assim anda por casa que isto de ver sangue aspergido por todo o lado é um bocado nojento e nada digno de uma blogger como eu.

 

Mais ou menos isto:

 

panties.jpg

 

 

Procura daqui, se calhar estão ali na sua necessaire, não estavam, procura dali, tenho a certeza que as guardei naquela gaveta mas a minha cabeça...enfim, e a noite a chegar e eu já a ficar desencabrestada com a hipótese de ter todo um cenário digno de assassínio seguido de suicídio na minha sala logo pela fresquinha, ao acordar, pá, não me dava jeito nenhum. Depois de uma boa hora nisto, já o homem procurava as cuecas da cadela, eu a bufar por todos os lados que já se sabe que a paciência é uma característica minha bem vincada e que nunca me abandona, já mandava com as coisas de qualquer maneira, tudo à bruta, saiam da frente, não me digam nada!, sinal inequívoco de que o holocausto estava mesmo ali ao virar da esquina.


Nisto comecei a sentir que uma ideia fantástica estava prestes a brotar, olho para a bicha.

Ela olha para mim.

Olho para ela.

Abro a minha gaveta das cuecas e escolho um dos cuecões que uso para dormir quando tenho os meus próprios dias difíceis.

Vou à casa-de-banho buscar um penso higiénico que mais parece uma fralda para incontinentes.

Colo-o no cuecão.

Enfio as cuecas na cadela.

Problema resolvido.

 

 

19 comentários

Comentar post

Cenas cá da malta

Para consulta em caso de necessidade

Cenas da Carla

Anita

No sapo também os há

Coisas do existencial

Dos blogues

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D