Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Querem mesmo falar de poemas?

por Filipa, em 17.11.16

"O muro já estava construído:

 

Continua Filipa, continua

Nesta selva de pensares sem Lua

Fazendo o que te apraz, 
rimando teu nome ao fazer
que é o que quem de ti diz
... não faz
 
Filipa do dúvidas cor de rosa
Pétalas de fina prosa
desfolhadas sobre esta calçada
e sobre quem nela caga
 criticas sem cara nem nome
... ao alvitrador imbele
nu de fibra e de pele ...
colar de moral ao pescoço
metade nick metade desgosto
(vivente a  contragosto
por  sonhar em como tu ser)
 
Humor e crítica com cunho
não dita ou escrita por qualquer punho
tolhido pelo comum
é coisa de não para todos
motivo para arrotos
dos correctos à nascença
devido à deficiência
 
Continua, Filipa, continua
Esta rua ... é tua."
 
Poeta e meio
 

Autoria e outros dados (tags, etc)


9 comentários

Sem imagem de perfil

De eu, anónimo bom a 17.11.2016 às 09:54

Coisa bonita pá. Quem é o poeta?
Sem imagem de perfil

De Isa a 17.11.2016 às 14:45

Ah fadista!
Sem imagem de perfil

De Mena Almeida a 17.11.2016 às 20:20

Olha que o outro também já tem ameaças se construir o muro ahahahahah 


Bom.. mas o teu poema até tá giro, melhor cus da Carla 😅
Imagem de perfil

De Filipa a 18.11.2016 às 19:46

Jamais!
A Carla é uma artista.
Sem imagem de perfil

De O Poeta a 18.11.2016 às 19:04

«Neste espaço»

 

Filipa, que sabes rimar,

Em teu blog eu vim dar,

Ouvi que tinha um poema,

De teclado, sem ter pena,

Que estava engraçado,

Com tudo muito bem rimado,

Para poeta e meio está bem,

Escrito como lhe convém,

Estive para lhe fazer um,

Mas acho que não lhe ia ligar nenhum,

Assim fica a minha presença,

Neste espaço com ou sem crença,

Que Poetas não há só um,

Existo eu e sempre mais algum.

 

 

 

 

Imagem de perfil

De Filipa a 18.11.2016 às 19:45

:)


Eu não sei rimar.


Obrigada!
Sem imagem de perfil

De O Poeta a 18.11.2016 às 23:43

Sabe, quanto ao poema acho que ficou engraçado. 
Imagem de perfil

De Filipa a 23.11.2016 às 11:35

Ficou liiiindo!
Sem imagem de perfil

De O Poeta a 23.11.2016 às 21:55

Ainda bem.

Comentar post






Header gentil e adoravelmente cedido pela

Gaffe