Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Dúvidas Cor de Rosa

Um blog extremamente fofinho e quase sempre zen.

Dúvidas Cor de Rosa

Um blog extremamente fofinho e quase sempre zen.

A minha Cristina

Março 11, 2015

Filipa

Comprei-a logo no dia em que saiu. Ia a passar e lá estava ela com uma capa que não lembrava a ninguém e com um preço capaz de envergonhar as Vogues da vida; três euros. Li-a com os óculos postos. Ponho-os sempre que entendo que a coisa é séria, deve ser por isso que nunca os coloco para ler blogues, concluo agora. Aquilo tem para cima de cem páginas, pareceu-me, das quais noventa são pura publicidade. Li com atenção o artigo das mulheres que decidiram mostrar o seu corpo sem pingo de photoshop, também dediquei um pouco da minha preciosa atenção aos novos gelados da Magnum, deixei-os ali a bailar na retina, não me vão escapar, revirei os olhos às já mastigadas pulseiras Pandora, credo!, isto ainda existe?, e ajeitei os óculos para enquandrar melhor a foto do Pedro Teixeira que fecha a revista com chave de oiro, mas daquele oiro pesado e caro, com não sei quantos quilates que até fere a vista tal é o glow. De resto, bom, de resto aproveitei o melhor que pude a revista; o meu Zé ainda é bebé, não lhe chegam os 427 passeios diários, tem alturas que ainda se descuida, maneiras que forrei parte do chão do jardim que lhe pertence com a Cristina. O papel é de uma qualidade excelente e quando embrulho os cagalhões naquele papel super colorido, cheio de roupa e acessórios da moda, papel que transforma meras poias em embrulhinhos cheios de pinta, penso que isto de andar sempre a apanhar as cagadas do cão até tem um certo glamour.

Filipa recomenda #2

Agosto 27, 2014

Filipa

Detesto falar de produtos dos quais não tenho fotos próprias para mostrar mas o meu pc, esse grande cabrão, pifou, maneiras que tive de ir buscar a foto do produto em causa por aí que bem vejo o vosso desespero. Eu compreendo; há coisas que uma mulher não pode adiar e a aquisição de um top coat que de facto seja top, é só uma delas.
Conforme sabem, pinto as unhas das mãos praticamente todos os dias. Só nos dias em que não trabalho e não tenho nenhum compromisso é que se mantêm com a mesma cor. É o meu momento zen diário, relaxa-me, descontrai-me. Após maquilhar as unhas tenho, como todas as mulheres, imensas coisas para fazer e recorro sempre a produtos que prometem ajudar a secar o verniz. Nunca encontrei nada muito tcharan!, nada que realmente ajudasse. O verniz lá demorava um pouco menos a secar e tal, mas ai de mim se tivesse a pouca sorte de roçar com a unha em qualquer lado. As minhas unhas têm de estar sempre perfeitas, raras vezes tratava do assunto à primeira.
Até ter visto este pequeno milagre numa perfumaria e envergonho-me agora por não ter dado nada por ele:
 




Infalible gel de L'Oreal

É composto por dois vernizes, um em cada extremo da embalagem (encaixam ambos na parte preta). O foco não é a cor dos vernizes que por acaso até nem são muitos nem nada de jeito. O foco é o que está na outra ponta, o top coat, que pode ser usado com qualquer outro verniz. Minhas amigas, garanto-vos que nunca viram nada assim. Demora dois minutos a secar e depois podem ir à vossa vida. O meu record de unhas impecavelmente maquilhadas foi de quatro dias seguidos com a mesma cor, mas isto sou eu que começo a tremer de nervos quando fico tanto tempo com a mesma cor nas unhas. E foram quatro dias bem vividos: banhos, praia, limpezas e roupa lavada à mão. Cheguei ao fim deles com o mesmo brilho do primeiro dia, com a unha toooooda pintada e cheguei a sentir pena de tirar tudo, mas teve mesmo de ser. O preço é um sorriso de orelha a orelha; não chega a 12€. Quando é preciso, também falo de produtos baratinhos, não pensem o contrário.

Amanhã é dia de mudar de cor e vou postar aqui o primeiro e o último dia.

Uma salva de palmas para mim, vá.

Este blog é patrocinado pelo meu marido e muuuuuito raramente por mim

Abril 26, 2014

Filipa



Cá estão os fofinhos que cá chegaram felizmente com vida.

Sisley é a marca do meu coração porém e como a minha carteira não tem sentimentos, nem sempre podemos ser felizes, maneiras que deixo o nosso (meu e dos meus produtos da marca) Nirvana para quando o rei faz anos.
Ou então até o meu gajo achar que já nada me anima, que ando mais intragável que um nabo podre, que ninguém me pode dizer nada sem que eu esteja devidamente ençaimada, tungas!, aplica-me este tipo de golpe baixo que uma gaja até fica ko. 
Felizmente para ele que não sou das que se aproveitam. Ele sabe o que tenho, sabe o que preciso e quando vê que começa a ter espaço de sobra para as suas coisas na prateleira da casa-de-banho, destinada aos nossos essenciais diários, das duas, uma: ou escondi-os porque desconfio que ele os anda a usar, ou porque já eram.
Ora, eu sou pessoa que uso qualquer merda na fronha. Felizmente a genética, no que à pele conserne, foi uma fofinha para mim, maneiras que por ora nenhum sinal do tempo se reflecte na cútis. Já na alma a coisa pia baixinho, mas até aí ele é gajo para dar um jeitinho. Então, a soma é fácil de ser feita: acabam-se-me os produtos de beleza, e o que houver é o que uso. Se puder largar guita pois que compro o que prefiro, se não puder, é na boa, compro o que der. O resultado não é bem o mesmo, sobretudo na minha cabeça, mas dá para o gasto. 
Não poucas vezes peço-lhe para me fazer alguns recados que nem sempre correm da melhor maneira. Já aconteceu ter de ir ao supermercado trocar fraldas, já aconteceu de ir trocar roupa que comprou ao puto, enfim, há para ali muita confusão naquela cabecinha derivado, sobretudo, do facto de me querer agradar. 
Esta semana tinha-se-me acabado o creme de noite e calhou logo numa das semanas mais difíceis dos últimos tempos. Muita reclamação escrita, muita denúncia, muita esquadra de polícia, enfim, chegava a casa numa fúria e só queria saaaaaangue. Perguntou-me se precisava de alguma coisa, pois vi-me impossibilitada de me deslocar até ao éden da beleza e ele iria passar por lá. Escrevi-lhe num papelinho o que queria e cumpriu tudo à risca. Lá veio o creme acompanhado dos seus amiguinhos, até porque se viesse só, pobrezinho, com esta chuva e frio, não ia chegar em todo o seu esplendor. 
O meu gajo faz portanto muita gaja feliz. A mim, a mais recente proprietária destes babes e às gajas da perfumaria que até devem bater palminhas quando o vêem a entrar.
É que, parecendo que não, estão aqui para cima de quatrocentos euros.
Comprados.
Os resultados ficam para mim, se não se importam que a Sisley aqui só patrocina o meu bem estar porque a pago.
Entretanto decidi que devia elevar a fasquia e para a próxima no papelinho vou mandar vir maquilhagem.
Aí é que vou ver se este gajo serve ou nao para recados mais complexos ou se tudo tem sido uma questão de golpes de sorte.

Este gajo dá-me cabo do estofo

Março 22, 2014

Filipa

A primavera está aí e há que aproveitar este bom tempo desde o primeiro dia.
Pedi ao meu gajo que me comprasse um sérum, uma vez que ele foi ao shopping fazer uma cena qualquer. Fui bem clara, UM sérum x da marca y, nada de muito complicado, ele está cansado de o ver na casa-de-banho, não vi qualquer dificuldade. 
Chegou e trouxe isto:


(A seta à Courtney Love indica justamente o sérum que lhe pedi, cuja marca não vem ao caso que eu faço-me pagar bem, cá publicidade de borla)
(Os lábios indicam os beijinhos que lhe dei porque já lhe estava a sentir a falta)
(Sou boa nisto, porra)
(Isto aqui para nós, claro)
(Isto dá mesmo aquele ar bom de que somos de facto íntimos, não dá?)

Tudo o que não tem seta, não foi pedido. Tuuuuuuudo o resto não pedi, não preciso, não uso. Esta criatura trouxe mais seis produtos só porque sim, a gaja da perfumaria deve estar aos pulos de contente até agora, este gajo é uma puta e das fáceis.
Em plena tpm quero muito pensar que ele foi um fofo e me quis agradar com alguns mimos, mas penso na mensagem subliminar que isto tudo pode ter, que este gajo tem a mania que tem mesmo graça.
O tempo o dirá.

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D