Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Dúvidas Cor de Rosa

Um blog extremamente fofinho e quase sempre zen.

Dúvidas Cor de Rosa

Um blog extremamente fofinho e quase sempre zen.

Olhá máscara de pestanas quentinha!!

Abril 14, 2016

Filipa

´Tão que então pensavam que me tinha esquecido da máscara de pestanas que bomba aqui que é uma coisa louca, há já algum tempo, o suficiente para vos vir tentar?

Nunca me esqueço das minhas promessas, suas tontas, tenho é preguiça a mais e vontade a menos de lhe dar a volta. 

Só não digo que é A máscara porque cultivo em mim a esperança de encontrar outra que consiga ser ainda melhor e assim encontrar, num futuro próximo, o graal do pestaname farfalhudo e comprido.

Mais ainda.

Porque coisas há que nunca são suficientes para uma mulher. 

No meu caso gosto de pestanas marcadas, desenhadas, longas, cheias de volume, do género, pisca aqui e a uma resma de papéis esvoaça ali. Se são das que gostam de máscara transparente porque ai e tal eu gosto é das pestanas com um aspecto natural, então fora do meu blog. Gaja que é gaja gosta que o seu olhar seja a estrela da companhia, gosta que este marque, que deixe rasto. O meu deixa um rasto desgraçado. Nos óculos. Ando sempre com eles todos sujos de máscara, para terem a noção do comprimento das bichas.

 

guerlain.jpg

  Guerlain, Maxi Lash So Volume

 

 

Esta menina tem uma fórmula tão cremosa e suave que, pasmem-se, podem passá-la nas pestanas mesmo que a primeira aplicação tenha acontecido há horas atrás.


Então mas porque é que nós havíamos de aplicar máscara por cima de uma seca?

Simples. Podem olhar com mais atenção e ver que a maquilhagem merecia mais quantidade de produto, podem estar com uma make de dia e receber de repente um convite para uma festa, fazem o quê?, tiram tudo e refazem? Já não é preciso, a partir deste momento, basta abrirem esta embalagem cheia de glamour e voilá, é colocar máscara até enjoar ou até não conseguirem abrir os olhos com o peso.
Existe uma versão à prova de água, mas não gosto. Aliás, odeio máscaras à prova de água porque só me dificultam a vida na hora de desmaquilhar os olhos. Quanto menos agressão na zona ocular, melhor e não estou só a falar das pestanas que se podem perder. Pequenas linhas e rugas podem-se formar se a limpeza não for delicada. Para além de não gostar, não preciso de máscara wp simplesmente porque as que uso não saem do sítio, não termino o dia em panda style nem suja em lado algum. Esta não é excepção. Coloco de manhã e mantém-se intacta até à hora que decido retirar e toda esta eficácia e durabilidade não faz mossa nos meus olhinhos sensíveis por mor da utilização das lentes de contacto.
Se recomendo?, olarilas.
Por acaso não me lembro do preço, já sabem que não ligo a isso desde que o material seja bom, mas acredito que ronde os 40, 45€, apesar de valer muito mais.


Ahhhhh, mas é tão pequenino...

Agora fazia aquela piada fácil, que não interessa ser pequenino se o desempenho for exemplar.

Acontece que não é piada.

 

As sombras, esse parto difícil

Março 14, 2016

Filipa

Olá, auditório.

 

Cá estamos nós, eu e as sombras.

 

Desde que vos dei um lamiré sobre elas, no já saudoso e altaneiro mês de fevereiro, que não mais me largaram a braguilha, sinceramente não percebo a dificuldade que os homens sentem em escolher presentes para a sua gaja, quando a gaja é tão fácil de agradar.

 

sisley.jpg

 Phyto 4 ombres -SISLEY

 

 

Quatro corzinhas apenas que tanto dão para uma maquilhagem mais soft para irem ali comprar dois ou três papo-secos, como para uma maquilhagem mais drag para irem até ao Loft beberem um drink.


Em primeiro lugar e para vos deixar assim já de baba ao penduro, estas sombras não são daquele pó do costume que suja tudo à mínima distracção. A sua textura não é bem pó mas também não é bem gel. Misturemos os dois e aí têm a textura mágica, a do futuro, aquela que será o segredo para nunca mais terem de se preocupar com o vulgaríssimo panda style nem com excesso de sombra debaixo dos vossos olhinhos, nas bochechas e se forem como eu, em tooodo o rosto, mãos, roupa, enfim.

Depois são de longa duração e quando digo "longa duração" é mesmo looooonga duração, são meninas para aguentarem o dia inteiro sem se desviarem um milímetro do seu propósito, porém e devido à sua composição, cuida da pele delicada das pálpebras. Portanto, temos aqui um contra-senso mesmo daqueles que eu gosto: lógicos. Se por um lado são de uma potência absurda e agarram-se à pele como quem se agarra à vida, sem contudo formarem aquelas inestéticas linhas de acumulação de sombra nas dobras das pálpebras, por outro parecem um paninho de seda perfeito para limpar rabinhos de bebés. 


Escolhi as da foto que são cores neutras e tal como disse no início do post, rapidamente as transformo no look que quero, devido ao controlo que se tem na aplicação da cor.

 

69€ aqui

 

Agora, bonito, bonito, era eu dizer-vos a máscara de pestanas tão porreira, tão porreira, mas tão porreira, que dá para aplicar numas pestanas já com máscara, como se não tivessem nada, não era? Eu explico que já estou a ver essas caras em modo "como assim, pá??":

Imaginem-vos com um look de dia com aquela make de quem já acordou assim, linda e maravilhosa e por onde passa causa a dúvida razoável nos outros: será que está maquilhada? Será que não?, e de repente recebem um convite para qualquer coisa à noite.

Não vamos tirar tudo e refazer, óbvio que não, vamos retocar. Mas quando chega a parte do olhame, a dolorosa questão era sempre a mesma: como é que vou carregar mais nas pestanas se estas já estão duras por mor das carradas de máscara que lhes espetei de manhã?

Nada temeis, a Super Filipa tem A máscara mágica que vos permite passar as camadas que quiserdes por cima das que já têm.

Ahhhh, quem me dera ter a sorte que vocês têm, de ter uma Filipa sempre à mão...

 

 

A base é liiiiiiiiiiinda!!!!!

Fevereiro 19, 2016

Filipa

"E só naquela... Sem pressão...
Post da base! Post da base! Post da base!"
 
"atão e a base, caralho!?"
 
"Vê lá é se despachas a cena da base, que a minha está a acabar."
 
"Tu vai masé directa à base"
 
"mas a melhor base da tua vida, é algo que me interessa"
 
"também agradecia uma base fantástica"
 
"Vá lá, vá lá, vá lá..."             
 
"Essa merda dessa base? sai ou não sai?"
 
"é preciso organizar uma marcha ao marquês??"
 
"Filipa, então a base?????"
 
 
Façam o que fizerem, nunca se metam entre uma base e uma mulher. 
Há logo uma inexplicável demência que se apodera delas, que as faz saírem de si e parecerem umas loucas saídas do Júlio de Matos que ainda funciona -não vá alguém precisar, fica aqui a informação- ainda enfiadas nos coletes de força, prontinhas a agarrarem numa hipotética última embalagem com os dentes arreganhados numa boca a pingar baba de cólera.
Mulheres, tende calma, olhai a tensão. Por isso é que precisam de bases, os nervos dá-vos cabo das peles.
 
Cá está ela, adoremos a menina, nas palhinhas deitada:
 

 

toofaced.jpg

 

 

Born this way-Too Faced

 
 
Vamos lá, então:
 
Não tem óleo, portanto, bem boa para peles mistas e oleosas. Poros, linhas de expressão, manchas, marcas, tudo para debaixo do tapete que é onde as imperfeições devem estar. Textura super cremosa, no ponto, não é demasiado liquida a ponto de escorrer nem demasiado espessa a ponto de ser difícil de espalhar. 
A Too Faced diz que sim, que inventou uma base indetectável e eu digo que quase que sim. Quase? Sim, quase: deixa a pele tão perfeita, tão uniforme, tão natural que é difícil acreditar que alguém tem a pele assim, tão isto tudo.
Para quem liga a estas coisas e cada vez há quem dê lhe mais importância, deixem-me dizer-vos esta base não tem ftalatos, parabenos, sulfatos e pasmem-se, não tem glúten.
Contem com uma base que ilumina, repõe níveis de hidratação, promove a elasticidade e que garante uma aparência mais jovem, graças ao ácido hialurônico existente na composição.
Tem doseador, ou seja, não há contacto do produto com o ar logo não altera, corre-se o risco de desperdiçar, maneiras que o melhor é não irem com muita sede a pote. Ponham um pouco e reponham à medida que vão precisando.
 
Nas Sephoras por (acho) 35€
 
Aplico-a com a Beauty Blender:
 
 

bb.jpg

 

daqui

 
Esponja milagrosa para aplicação de base -pessoalmente não gosto de a usar para pós.
Escolhi esta foto em particular para vos mostrar como se usa. Não se arrasta a base com ela, coloca-se com pequenos toques, depois de humedecê-la. Há quem afirme que se gasta mais base, eu própria achava o mesmo. Até que decidi que havia de usar uma determinada quantidade de base por aplicação e a realidade é que a beauty blender tem a capacidade de absorver o excesso de base onde existe efectivamente excesso de produto e depositá-lo noutro lado. Se a base por si só já deixa um aspecto natural, o casamento destas duas foi assim a invenção do século, logo a seguir a poder dormir até ao meio-dia.
 
Na Sephora por (acho) 20€
 
E pronto, podem deixar de me chatear a marmita, desvendei o meu segredo mais profundo, daqui a nada perco o encanto.

 
 
 

"O" baton chegou

Novembro 26, 2015

Filipa

 

Cream Lip Stain da Sephora

 

s1296060-main-Lhero.jpg

 

 

11 euros de pura magia em forma de batom. 

 

Sou pessoa para andar sempre de lábio pintado e na maior parte das vezes de encarnado. Chateava-me o facto de ficar tudo sujo à minha passagem: chávenas, dedos, dentes, cara, bochechas dos putos, roupa do homem, enfim, todo um pesadelo borrado a laivos avermelhados. Depois as linhas dos lábios, ninguém merece. Qualquer batom que experimentava, de qualquer marca, escorria por elas afora de tal forma que quando dava conta já toda eu estava em modo palhaça, batom do nariz ao queixo, o tempo que perdia a ajeitar o inajeitável, para no fim e numa fúria repentina, retirar tudo para colocar de novo.

Sabeis o trabalho que é, colocar de forma irrepreensível, um batom encarnado?

Se não sabem, é porque nunca o colocaram a preceito. Ele é corrector, ele é pó, ele é lápis de contorno, só de escrever já me canso, para passado pouco tempo, o batom ir por ali fora, sabe deus com que destino e uma pessoa quase que desiste e se rende aos labellos da vida, tudo bué nude, tudo bué clean, até que um dia entra numa Sephora, e de olhar desanimado e perdido, olha, casualmente, para o expositor da marca e aqueles tubinhos despertam-lhe a atenção. Primeiro porque são mate, depois longa duração e depois a variedade das cores. Agarro em dois e vou à minha vida.

Passados seis meses, cá estou eu, perante vós, pobres, oprimidos, pobres oprimidos e oprimidos pobres. Perante os que têm frio também, bem como os que têm fome. Sem esquecer os que têm frio E fome. E fome E frio. Perante todos, portanto, para dizer que sim, bela compra, não só recomendo, como vos garanto que só saberão o que é um  batom em condições depois de usarem estes, OS batons. Coloco duas vezes por dia e é o suficiente: de manhã e após o almoço. Depois da aplicação, limito-me a fazer... tudo, comer, beber, rir, beijar, mas sempre impecavelmente maquilhada. 

Só um pequeno aparte: por ser de longa duração é normal que sintam os lábios um pouco secos, nada de mais. O que faço é colocar um bálsamo labial à noite, antes de ir para a cama.

Vá, pode ser labello, pronto.


Depois venham-me cá dizer quantas vidas é que salvei, ok?

afilipadiz.gif

 

 

Agora legendada, vá. Sempre quero ver quando começam a chegar os presentes de Natal...

Novembro 05, 2015

Filipa

legendado.jpeg

 1- Fix it- Dior: Corrector tuuuuudo em um, não é fantástico? Tenho uma relação amor-ódio com esta marca: ou lança coisas absolutamente inúteis ou lança coisas absolutamente indispensáveis. É o caso. Uso o número um, porque nas minhas olheiras, o amarelo além de as eliminar, ilumina-as, mas existem mais dois tons. Para além de corrector de olheiras e revitalizador do olhar, disfarça manchas e imperfeições, serve de base para os lábios e para as pálpebras. Must have, minhas amigas, must have e de que maneira.

2- Anti-Dark Circle Eye Cream, da Shiseido: Odeio os cremes da marca porque os acho de texturas demasiado ricas para o meu tipo de pele (mista/oleosa). Mas, a-d-o-r-o as espumas de limpeza e os tónicos. E fartinha de ouvir falar maravilhas deste creme que, segundo a marca, "Em 2 semanas: A zona dos olhos fica hidratada e luminosa. Em 4 semanas: As olheiras diminuem e tornam-se menos visíveis. Em 8 semanas: O aspeto da pele torna-se mais uniforme e rejuvenescido à medida que as olheiras são reduzidas.", comprei um pote e...nada. Dei o benefício da dúvida, sou pessoa para olheiras profundas e escuras e...nada. Maior flop ever. Guardem o dinheiro e vão mas é ao Rui dos Pregos ou, na loucura, ao mercadito da carlota.

3- Phyto-Cernes Eclat, da Sisley -cuidado antiolheiras com cor: Sabeides da minha paixão por esta marca, não a escondo de ninguém. Sisley não desilude, não deixa ninguém na mão, é como aquelas amizades longas: podemos não estar juntas durante o tempo que for, mas quando voltamos, é como se nunca tivéssemos ido. Este produto não é um simples corrector de olheiras, longe disso. É um cuidado antiolheiras porque alia a maquilhagem com tratamento, ou seja trata e maquilha. A ponta de metal descongestiona a zona ocular e activa a circulação sanguínea o que, e por consequência, diminui os papos. Vem acompanhado com um pincel absolutamente fantástico para uma aplicação precisa. É à escolha do freguês, ou aplica com a ponta ou aplica com o pincel. Eu gosto com a ponta que gosto do fresquinho.

4- So Intense, da Sisley: Nunca saberão o que é ter umas pestanas até plutão até usarem esta máscara de pestanas que, mais uma vez e como a marca embandeira em arco e muito bem, é muito mais do que uma simples máscara. Fortifica e promove o crescimento do pestaname. A escova é muito particular, carece de habituação. Depois desse período não vão querer outra coisa.

5- Le Weekend de Chanel- Édition Douce: Não é só o nosso corpo e o nosso espírito que precisam das nossas folgas ou dos nossos fins-de-semana para repor as energias necessárias para encarar mais uma maratona de labuta. A nossa pele também. Vai daí, chega a Chanel, essa marca cheiinha de história -e que história, se tiverem um tempinho vale muito a pena saber um pouco mais sobre esta mulher que tanto fez pelas outras. Cruzes!, estou tão feminista, hoje!- e lança um produto para usar somente nas nossas folgas, de manhã e à noite, sozinho. Basicamente, pára tudo, põe o contador a zeros, equilibra, hidrata e faz uma suave exfoliação por forma a preparar a pele para um novo ciclo. Não se usa mais nada nos dois dias de descanso semanal. Nos outros segue a rotina. Tão bom, tão bom que o difícil é não cair na tentação de o usar todos os dias. 

6- Pore Minimizer, da Dior: Outra coisinha mais boa da Dior que cada vez tenho mais dificuldade em encontrar. Queira Deus que não estejam com aquele tipo de ideia fantástica que às vezes lhes invade as ideias e me desapareçam com este pequeno quê milagroso. Quando quero uma maquilhagem mais elaborada faço dele uma pré-base e bye bye poros e textura irregular, na maquilhagem do dia-a-dia, coloco só na zona mais problemática no que diz respeito aos poros dilatados. Posso ir retocando com o mesmo ao longo do dia e por cima finalizo com o pó, apesar de também ter uma acção matificante, sinto-me mais segura se assim fizer.

7- Perfect Hydrating BB Cream SPF30, de Shiseido: Não é uma base, mas maquilha. Não é uma creme, mas hidrata. Então é o quê?, uma avião? É o super-homem?, não, é um  bb cream, um creme de maquilhagem com benefícios de tratamento, ou seja, um aspecto muito mais natural do que uma base comum, com uma parte jeitosinha de tratamento à mistura. Apontamento muito positivo ao FPS, mesmo de inverno é importante que isto do sol é como os anónimos: nem sempre comentam mas nós sabemos que eles andam por aí a fazer das suas. Nada de poros, nada de irregularidades na cútis, e à att das excelentíssimas peles oleosas: não tem lípidos na composição, oil free, podem usar à fartasana que garanto que não mais encherão bidões de óleo com que poderiam fritar azevias e rabanadas no Natal para toda a família.

 

Canseira, pá. Não sei como é que gostam disto!

Filipa recomenda #4

Fevereiro 03, 2015

Filipa

Olá, olá, cá estou eu com outro produto estrela, outra menina dos meus olhos. Espero que reparem que estou a desvendar os meus segredos mais íntimos a uma velocidade para lá de furiosa, daqui a nada perco o meu encanto, eu sei, mas o que não faz uma mulher por outra em ânsias? Isto agora é só aviar cartucho, que eu cá quando tenho uma batata quente em mãos, não descanso enquanto não a passo a outra.
 
Desta vez somos todos Dior.
 
Lip maximizer collagen activ



 
O Ferrari dos glosses, o Leonel Messi do aporte de volume nos lábios, é a Crux do conforto e brilho labial, é o Táquion da hidratação e regeneração do beicinho. Leram bem, não se acotovelem, não me deixem os leitores nervosos, calma, este produto dá MESMO volume e um brilho tão obscenos que chega a ser pornográfico. Ou tão pornográficos que chega a ser obsceno, já nem sei bem. Há quem tenha a desfaçatez de o usar para dar brilho a um batom mais pobrezinho, Hosana nas alturas, que sacrilégio, fogueira, já! O Lip Maximizer não é um mero gloss. É um lip plumper, não nos vamos pôr para aqui a reduzir a existência deste bem essencial, deste bem mais precioso, ao nível de um glossezinho de vão de escada. Este bebé devia chegar às mãos das consumidoras, embrulhado em folha de ouro com apontamentos quasarianos, e perfumado com o aroma de Orquídea Imperial, a do deserto. Só assim o seu verdadeiro valor fazia jus à maravilha que é. Existe em várias cores, a que uso são todas, tanto faz, são todas lindas. Deixam o lábio  com uma cor fofinha, quase transparente mas nem tanto. Faz lembrar aquela cena do azul-que-agora-é-verde-Açores-mas-que-vai-voltar-a-ser-azul-a-qualquer-momento, sabem?, uma pessoa tem ideia da cor mas nunca a certeza, fica-se ali a pairar na dúvida e, como toda a gente sabe, em caso de dúvida, in dúbio para o réu.
Mal o colocam, uma onda de frescor dá-vos tamanho chapadão que sois obrigados a dar um passo atrás. Depois de recompostos constatarão somente uma brisinha que perdurará enquanto o batom durar em vós. Acto contínuo, surgirá, ex aequo no pódio do bem estar, um formigueiro giro que mais não é do que o colagénio activo presente no produto, bem como uma combinação de esferas marinhas e hialurónicas, a fazerem o seu trabalhinho. Não ficam uma Manuela Moura Guedes da vida, tirem lá o cavalinho da chuva, mas preparem-se para uns lábios mais cheios. Além de olhinhos, podeis também fazer boquinhas à vontade. Como bónus, metam lá no bolso da vossa estupefacção uma hidratação extrema, nada de cabelos colados à boca, nada de lábios arreganhados e cheios de peles. O preço?, ´tão o preço é de amigos, ronda os 35 euros em qualquer loja da especialidade, sendo que estais carecas de saber o que penso acerca da Perfumes e Companhia. Preço justo para o que o produto promete e efectivamente faz e eu, que mantenho uma relação um bocado obsessiva com ele, vai para cima de dez anos, estou em muito boa posição para o afirmar com isenta propriedade. O que vos digo, em jeito de remate em cheio nas redes da baliza do vosso deslumbramento, é que por muito que haja quem ande de Labello em punho, haverá sempre mais a desfilar de Dior.

Filipa recomenda #3

Janeiro 28, 2015

Filipa

Bem sei que vos tenho deixado um bocado desamparados nestas cenas da beleza, fruto das minhas incursões aos subsolos, às catacumbas das perfumarias e afins de onde trago, por vezes a custo, o que de melhor existe no mundo da cosmética. Não pensem que qualquer coisa me enche as medidas, não! Sou pessoa para precisar do seu espaço e do seu tempo; espaço para guardar tudo o que compro, e tempo para usar o produto-estrela até à exaustão, até ao tutano. Preciso saber como reage perante diversos e rigorosos factores, sou imparcial e implacável. Quando não cumpre o que determino como sendo os mínimos aceitáveis, não estou cá com paninhos quentes. Como em tudo na vida, ou é ou não é. Desta vez é e é muito. E o que faz um gajo a um produto tão porreiro que descobriu há já uns tempos, ainda os blogues eram uma coisa de jeito, e que tanto me surpreendeu? Não, não o esconde, não o guarda a sete chaves, partilha-o, as coisas boas são para partilhar e eu, tirando o meu gajo, partilho tudo, alguns de vós merece, vamos lá que já se vai fazendo tarde.


 
 

 
 

 

 
 
Isto não é uma máscara de pestanas comum, apesar de parecer. Este produto é uma tinta semi-permanente que, garante a marca, evidencia o pestanedo, torna-o mais resistente, definido e visivelmente mais denso, durante três dias. A escova penteia cada pestana como se fosse única, deixando-a envolta num dos pretos mais pretos jamais visto no mundo das cores. Não há cá volume, não há cá alongamento, há sim, as vossas pestanas na sua forma mais pura, de quem pestaneja aqui e levanta um vendaval ali, assim, de repente, sem quê nem porquê.
Já estão parvas? Esperem que o melhor ainda está para vir. E depois de colocarem o produto? Então, depois vão à vossa vida, vão dormir, chorar, andar à chuva, tomar banho, lavar a cara. Esfreguem os olhos, façam olhinhos, pisquem-nos ao gatinhos, andem à pêra no trânsito, leiam blogues manhosos, enfim, tudo o que vos apetecer que duas coisas serão certas:
a primeira é que finalmente ireis acordar desgrenhadas, inchadas, com os vincos das almofadas no rosto, porém com pestanas de diva. A segunda é que ireis finalmente poder chegar ao final do dia sem o já tradicional panda effect e o terceiro é que este produto não vos sairá dos olhinhos com três cantigas. Sai com desmaquilhante e é só. Olha, afinal eram três, as coisas.
Confesso que fiz cara de enjoadinha quando dei de caras com este pequeno quasar; uso lentes de contacto, por Ptah, como é que estes brincalhões pensam que consigo aguentar dia e noite, e dia e noite, e dia e noite de olhos pintados? Mas eis que Lancôme parece que se apodera do cérebro-e das vontades- das pestanudas e vai de mencionar na lateral da cartonagem do produto que sim, é coisinha para poder ser usada em olhos sensíveis e/ou com lentes de contacto, esta marca sabe bem levar água ao seu moinho.
O preço ronda os trinta euros, para mim foi de borla uma vez que mantenho uma parceria jeitosa com o meu marido: ele oferece-me coisas essenciais à minha bela existência e eu deixo-o ter os ratos que servem de alimento à cobra, no congelador, ao pé dos bifes.
Ninguém tem parcerias como as minhas. 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D