Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Vergonha desta merda toda

por Filipa, em 31.07.13
Sabem aquele pitt bull que matou um bebé? Foi entregue a uma associação, e até já tem um nome novo e tudo que isto é tipo nome novo, vida nova.

E tudo está bem quando acaba bem.

Autoria e outros dados (tags, etc)


60 comentários

Sem imagem de perfil

De Mirone a 01.08.2013 às 01:12

E o nome escolhido não podia ser mais apropriado (not!). Mandela? Tenham respeito!
Sem imagem de perfil

De pipinhaeheh a 01.08.2013 às 10:01

Eu acho que se fosse comigo o bicho ficava ali morto logo na hora, mas às tantas ainda era processada por isso pelos fundamentalistas. E sim eu gosto muito de animais, mas gosto incomparavelmente mais dos meus filhos.
Sem imagem de perfil

De Filipa a 01.08.2013 às 10:27

Acontece que quando há casos do género, dizem os especialistas que a culpa é dos donos, maneiras que o mais certo seria seres culpada duas vezes, por seres como és e por teres facilitado.
Há coisas mesmo mesmo fantásticas.
Sem imagem de perfil

De Suse Costa a 01.08.2013 às 15:06

Não percebo estas coisas...
Quando um cão ataca não quer isso dizer que não pode viver em sociedade? afinal de contas nós vivemos com animais domesticos por estes estarem domesticados, ele não estava pois matou!
Podemos reabilitar pessoas pois elas têm inteligencia para perceber o erro que cometeram e não voltar a cometer (ás vezes) mas os animais não são assim, como é que se vai, de consciencia tranquila, entregar este cão a uma familia????
E eu adoro cães e tenho, mas nunca na vida um cão tem mais valor que um humano, nunca.
Sem imagem de perfil

De onónimo a 01.08.2013 às 20:06

não reconheces portanto o mérito do baptismo na salvação, nem do sistema prisional na reabilitação dos reclusos, nem na inteligência de alguns filhos da puta pseudo protagonistas da eterna novela dos direitos dos animais. dê-lhe o estado uma bolsa pósdoc ou o caralho que a foda como fez com os patetas da quercus que a senhora acaba por se calar (sim, porque ainda tem a audácia de afirmar que o pobre bicho vai necessitar de acompanhamento para superar o trauma - deve ser terapia de grupo com uma matilha de hienas).

sendo relativamente jovem (ilusão que após os 30 acometeu a esponja que alojo no crânio, isto de associar 'relativamente' à coisa), mas da velha guarda (ie. antigo testamento, essa jóia legada pelo catolicismo da adolescência) no que respeita a assuntos de sangue, e podendo, fosse demiurgo ou reles político, das duas uma:

- fodia toda a gente, mas fodia bem fodida para não deixar margem para equívocos como acontece tantas vezes quando um gajo é prematuro, e deixava apenas as baratas (fumigava aqui a colmeia que já começa a cheirar à putrefacção da estupidez, a um nível cósmico, com um gigantesco calhau ou um peido solar)

- mandava o bicho para o escritório do gaspar e esperava que a natureza seguisse o seu curso (do gaspar ou de outro palerma qualquer da assembleia, s. bento, belém, c.municipais, em funções, interinos ou exes; o problema é este mesmo, quando parar? deve ser por isso que não é qualquer um que chega a demiurgo ou reles político...)

ah, como manifesto, obviamente adoro cães e ainda mais a dúzia de gatos da casa de campo, aqueles pestinhas carento-trapaceiro-mandrião-fornicador-sem-piedade daqueles peludinhos.

(não devias andar tranquila por esta ocasião?! calma e repleta de emoções positivas?! :D )
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 01.08.2013 às 21:40

Morreu uma criança em Viseu com um tiro da arma com que 'brincava'. Se calhar em vez de responsabilizarem os donos da arma, deviam abater a dita e ficava tudo resolvido...
Sem imagem de perfil

De onónimo a 01.08.2013 às 21:53

Filipa, reparei agora no título e tenho a manifestar que vergonha vergonha são as fotos daqueles mariconços uns posts mais abaixo. isso e a programação de tv.
caraças...
Sem imagem de perfil

De Filipa a 02.08.2013 às 01:48

Abater a dita?
Não sei se será do avançado da hora se a minha natural aversão a geeks, mas a única coisa que daqui tirei foi o facto de estarmos a comparar uma criança de dez anos e um pitt bull.
Deve ser porque o meu puto ainda não nasceu que não percebo a ideia mas depois dele nascer venho cá e respondo-te mas desta feita, com propriedade, está bem?
Sem imagem de perfil

De Filipa a 02.08.2013 às 01:50

Ai o Pedro Barroso e seu altaneiro rabinho, autêntico elixir dos meus dias.
Cala-te que não percebes nada disto.
Sem imagem de perfil

De Filipa a 02.08.2013 às 02:03

E eu estou calma e tranquila! Agora não me peçam emoções positivas com notícias destas a acontecer! Se tenho vergonha desta gente que acha que foi feita justiça com a ida desta besta para uma associação? Pá, tenho, pois claro que tenho. Já aqui o disse e repito, tenho duas cadelas em casa de uma raça especifica a qual foi criteriosamente escolhida tendo em conta as suas características. Posso dizer-te que uma delas leva tareias de dentadas nas orelhas de uma gata de 3 meses, e nem lhe abre a boca. Gane e foge para o pé de mim. A gata come do comer dela e ela fica à espera. Hoje fui ao veterinário porque a puta da gata deu-lhe uma unhada numa vista e estava a ver a minha vida a andar para trás. Isto para te mostrar quão songa a minha mais velha é que numa sequer rosnou para uma gata que lhe faz esperas em todos os cantos e que lhe deixa os dentes marcados na pele. Faço merdas pelas minhas cadelas que nunca fiz ou farei por pessoas que se atravessam na minha vida. A minha maneira de as educar é de pulso firme e rédea curta, tal como o meu João vai ser educado a respeitar os animais, e quando é altura disso, mimo com fartura. Agora, no dia que uma delas olhar sequer de lado para o meu filho, no dia que calhar mostrar-lhe um dente que seja, eu própria ne encarrego de lhe fazer chegar uma eutanásia com aquilo que estiver mais à mão.


Ca puta de testamento, foda-se.

Comentar post


Pág. 1/6






Header gentil e adoravelmente cedido pela

Gaffe