Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Mais desenvolvimentos

por Filipa, em 14.03.14
Meus caros, desta vez é que é. Desta vez é que se finam todos daqui para fora que isto hoje vai ser a doer e maior parte de vocês diz que ai não, palavrões! Que horror! Que falta de chá, está criatura, quando na realidade quem diz esta merda está claramente com falta mas é de caralhos.
Hoje chegou finalmente a factura da Meo. A primeira desde o nosso arrufo. A factura chegou ao meu email às quatro da matina e às nove estava eu à porta de uma das suas lojas, a guardar vez. Sim, guardar vez, o que é que foi? Deixai-vos ser cliente da PT e passareis a achar que o tempo que esperam num posto de saúde perto do que perdem numa loja PT, é peanuts.
Munida do meu dossier das reclamações, pedi para falar com o gerente e as putas das brasileiras perseguem-me e a que me calhou foi curta e grossa como a puta da cabeça dela, que tinha que tirar a senha e esperar. Toooooda a gente sabe que os gerentes de loja, aquando da abertura diária desta, têm sempre muito que fazer, nomeadamente coçar os tomates ou ir à bica. Acedi é fiquei a fazer papel de otária durante 45 minutos o que acaba por ser uma boa média, se tivermos em conta o grau de incapacidade física e/ou cerebral que os funcionários desta instituição possuem. 
Quando chegou a puta da minha vez lá pedi para chamar o coirão do gerente mas o cabrão do funcionário insistia em tirar nabos da púcara só que o que ele não sabia era que eu tinha um trunfo. Algo com que estes conas não contavam, algo que os ia deixar encurralados, tipo já foste:
Não levava o meu João comigo.
Estou mesmo empenhada na educação deste puto e se não me engano só disse duas vezes foda-se à frente dele e a ultima foi hoje quando vi o total da factura. De resto tenho sido um exemplo e assim pretendo continuar. 
A chegada do gerente ao pé de mim, não adivinhava grande futuro. De repente aparece-me um puto de 19 anos, cheio de manias e com cara de cu. Ora, eu também tenho a mania, maneiras que criou-se ali um verdadeiro monólogo: eu falava e metade do que eu dizia ele não compreendia. Até que, surpresa das surpresas toca-se-me o iPhone, um gajo atende e xeque à rainha, era da PT. Fiquei logo bastante entusiasmada, tinha duas aventesmas, duas pessoas com cérebros maiores do que muitos molhos de bróculos que andam por aí, a prestarem-me a maior atenção do mundo, um à frente e outro a falar-me ao ouvido, o que é que uma mulher pode querer mais, valha-me deus?
Portanto, tenho fibra numa casa, diz que tenho na outra mas afinal já não tenho. Um mês depois volto à loja porque uma pessoa até fica sentida cair assim no esquecimento, e fico a saber que tenho a instalação marcada para um dia em que até devia de estar no Porto, mas que ao técnico dava imenso jeito. Obrigam-me a mamar com a ADSL, aquela merda intragável e agora querem que pague a mudança de casa, serviço gratuito, segundo uma carta que a PT enviou. Ora, convosco não sei como é, mas eu não me deixo foder assim a frio. Preciso de pelo menos um mimo. E perguntei ao cavalheiro do telefone se a instalação era o mesmo que a mudança de casa, uma vez que na factura estavam descriminados separadamente, e ele diz-me que tecnicamente sim.
E foi aí que tudo descambou. Algo que podia ser tão bonito e frutuoso, descambou para o esmerdalhanço e o cabrão da frente só me perguntava se queria um copo de água com açúcar e eu só queria perguntar ao do telefone se gostava no cu e as pessoas que esperavam pela sua vez a prestar-me vassalagem, épico, e sem que nada o fizesse prever, dei-lhe com um xeque-mate nos queixos que o deixei sem resposta. Sim, desliguei-lhe o telemóvel no filha da puta do focinho. 
Há mulheres que realmente, não têm a noção do que parem, parece impossível. Não chego a ter raiva das que pariram estes dois. Só pena. E algum desdém. E algum nojo. E algum ódio. Pronto, seja, tenho raiva, sim.
Saí de lá com a promessa da factura ser rectificada e que ainda hoje me ligavam. Estou em ânsias para que o corno me torne a ligar que o meu João ainda não chegou até porque me esqueci de lhe perguntar se prefere com vaselina ou se vai mesmo a frio.
A ver.

Autoria e outros dados (tags, etc)





Header gentil e adoravelmente cedido pela

Gaffe