Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




andava eu de alma morta,

por Filipa, em 09.12.15

 

de braços caídos e costas curvadas, de olhar perdido e triste, de lágrima teimosa e grossa, a esperança de que a blogoesfera no masculino me mostrasse que os homens também percebem disto*, que nos conseguem agarrar ao ecran com a sua escrita, sem caganças, manias ou pedantismo. Os que cá andam, alguém lhes havia de mostrar onde é que as botas se arrumam, dizia eu, os que cá andam já deram o que tinham a dar, aborrecem mais do que a blogger que diz para o pessoal não oferecer presentes inúteis e ao mesmo tempo sugere, como presente de natal, almofadas. 

Deixo-vos a pensar que utilidade terá uma almofada que não seja a óbvia, enquanto vos mostro o blog que o pai natal blogoesférico me deixou no sapatinho do contentamento:

 

Gajo

 

 

Ahhhh, que chapadão de ar fresco.

 

* Os meus crushes, o  e o Patife não contam, claro, nunca desiludem.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


11 comentários

Sem imagem de perfil

De C.N.Gil a 10.12.2015 às 10:57

Eh páh, obrigado!

É sempre bom saber que sou um cagão, pedante e maniento!
E também saber que já dei o que tinha a dar...

Vou ali fechar o meu blog e já volto!
Imagem de perfil

De Filipa a 10.12.2015 às 10:59

Ahahahahahahahahahahaha

Calma que ainda não fui ao teu blog.

CALMA!
Sem imagem de perfil

De C.N.Gil a 10.12.2015 às 14:56

LOOOOOOOOOOOOOOOOL

...não faço questão que vás (mesmo), mas, uma vez que passo aqui muitas vezes, era bom não me sentir insultado assim sem mais nem menos...
...só naquela...

:)
Imagem de perfil

De Filipa a 10.12.2015 às 17:29

Não fazes questão que vá?
Calha bem que eu cá também não faço questão em ir.
Toma.
Sem imagem de perfil

De C.N. Gil a 10.12.2015 às 20:07

Calma...
...não é nesse sentido pá!

É no sentido de que não obrigo ninguém a lá ir...

Não faria o meu género chegar aqui numa de "Ah e tal, mas vai lá e mai-não-sei-quê, e o camandro e o escafandro..."

E diga-se, até me ficaria mal quando sou o primeiro a afirmar que não há lá nada que interesse... (está no cabeçalho)

Vais se quiseres!

Acredito que não faças questão que eu venha aqui...
...mas espero que me dês por bem-vindo!

A linguágem escrita tem sempre interpretações tão dúbias e que, no fundo, levam a que mostremos tanto de nós mesmos...

Mas já tou a parvejar!

Inté

:)

Comentar post






Header gentil e adoravelmente cedido pela

Gaffe