Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Pergunto

por Filipa, em 18.09.13
É possível falar-se com quem já se teve um envolvimento, acerca das suas novas conquistas sem que algo de suspeito e/ou constrangedor paire no ar?

Autoria e outros dados (tags, etc)


14 comentários

Sem imagem de perfil

De O Peru Ressabiado a 18.09.2013 às 23:16

Sim.
Sem imagem de perfil

De onónimo a 18.09.2013 às 23:31

Epá! É pergunta para Sim/Não?

Diria que depende. O que é isso de 'envolvimento', 'conquista', 'algo que paira no ar'???

Partindo do princípio que é o pior possível ainda assim penso que talvez. A conquista é profissional ou afectiva? E sendo afectiva pode designar-se 'conquista'?

E o que vem a ser isso que paira nos ar, Filipa? Estás a assustar-me!

Ora, ora, as pessoas são demasiado retraídas. Já sabes que sou um liberal. Mais vale não começar aqui a falar de sexo.

Beijo!

ps tens de ser mais explícita senão a gente não computa, ainda não ouvimos pensamentos uns dos outros, embora eu ouça várias vozes dentro da minha cabecinha que me dizem para ... até mais não poder.
pps 'explícita'
Sem imagem de perfil

De Filipa a 19.09.2013 às 00:18

Tanta merda, pá.

Obviamente que nao é só para dizer "sim" ou "não". Sei bem que tudo é possível, o objectivo era explicarem-me como que eu estou um bocadinho perdida aqui.

O envolvimento que tivemos foi sentimental, caralho, havia de ser o quê?, e as conquistas são as dele, foda-se!, sou uma gaja casada, haja respeito. Parece que agora tem gaja nova e quando calha a falar disso, noto desconforto.

Sou uma incompreendida, porra!
Sem imagem de perfil

De C*** a 19.09.2013 às 09:43

Ótima questão! eu acho que depende da relação com o "quem já teve um envolvimento", mas sim, acho que é sempre um momento "Awkward" :-X
Sem imagem de perfil

De Sofia a 19.09.2013 às 12:03

Penso que não. Mas a existir essa conversa também passa depressa aquele sentimento de "posse".

Sem imagem de perfil

De I sarcastically a 19.09.2013 às 12:15

Supostamente, sim... Depende do que é que as pessoas "sentem" uma pela outra...
Exemplo:
Aqui à uns tempos encontrei-me com um Ex, conseguimos falar e acho que somos qualquer coisa tipo amigos... Na realidade, ele fala-me das conquistas dele, e eu levo bué na boa, porquê ? Porque não sinto absolutamente nada por ele, a não ser amizade, e que até é fixe dar-mo-nos bem... Mas quando lhe falei do meu namorado (que por acaso ele conhece) ele fez um barulho com a garganta, e tendo em conta que eu até conheço o rapaz, fiquei com a "ligeira sensação" que ele vá.... pareceu-me incomodado.... fiquei a pensar... "hum, deve ter sido só impressão minha..." voltei à carga, e largo o nome do meu rapaz de nome.... tumbas... lá veio o barulhinho de novo.... O que é que eu fiquei a pensar ???? "Fuck!!!!! Este tipo aproximou-se para ver se chovia na hortinha dele....." O que é que aconteceu ? Nunca mais saí com ele....
Sem imagem de perfil

De onónimo a 19.09.2013 às 13:35

Então qual é o problema Filipa?! Ah, Mulheres, sempre como chip da complicação ligado. Por mim, que ainda não fui ordenado sacerdote, estás absolvida e livre da perdição eterna.

Beijo, Linda!

ps embora seja uma boa pergunta para o teu Homem, que pelo que escreves me parece bastante compreensivo. Vai obviamente partir o coco a rir...
Sem imagem de perfil

De Filipa a 19.09.2013 às 14:00

Homens, a eterna parvoíce.

O constrangimento não é da minha parte, criatura! Felizmente muito bem resolvida com o meu passado.

Parvo!
Sem imagem de perfil

De A Chata a 19.09.2013 às 15:12

Muuuuuito tempo depois.
Sem imagem de perfil

De onónimo a 19.09.2013 às 17:20

Não Te explicas rapariga e a gente não compreende.

Então é ele que complica? Sugiro a abordagem à queima roupa como faz a minha psiquiatra. Diz-lhe, olha lá observo constrangimento quando falas da tua mulher, mas por mim estás à vontade pá, nem me aquece nem arrefece mas aborrece esse teu nó de língua acerca deste assunto, deita tudo cá para fora. Ou qualquer coisa assim do género já.reparei.mas.fala.à.vontade.

Caraças, Filipa, bem me pareceu que estavas a complicar. ;)

Beijo!

Comentar post


Pág. 1/2






Header gentil e adoravelmente cedido pela

Gaffe