Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Porque senão, vejamos:

por Filipa, em 26.03.18

Efeito mate.

Para quem tem pele mista ou oleosa, não há nada mais desconfortável do que andar com lencinhos a ensopar a bela da oleosidade da zona T. Por outro lado, não pode ser demasiado mate, porque senão em vez de pele fica-se com a cara tipo deserto do Sahara, seeeeco que até repuxa enfatizando desta forma as linhas de expressão que na realidade não passa de uma maneira mais delicada de dizer "rugas" e sem ferir susceptibilidades.

Resumindo, quer-se o melhor dos dois mundos; por um lado queremos uma base que não promova a fabricação de sebo nas zonas onde este tem por hábito espevitar, por outro, queremos uma pele luminosa -que é diferente de sebosa- e aspecto saudável. Ora se o efeito mate comporta nele a capacidade de anular brilhos, pensava eu que apenas procurava o impossível e resignada, conformei-me com a melhor na altura, a Born This Way, que não sendo má, não me arrebatava, não me arrastava pelos delírios do deslumbramento. 

Ahhhhh, como a minha luta foi inglória, sempre de brilho esperançoso no olhar, de cada vez que uma base prometia esta dualidade de critérios e eu me chegava a ela, na esperança de por e enfim, encontrar o Santo Graal do reboco facial!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.






Header gentil e adoravelmente cedido pela

Gaffe